Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

WikiLeaks diz que internet de Assange foi cortada após pedido de John Kerry

Loading...

GERAL

WikiLeaks diz que internet de Assange foi cortada após pedido de John Kerry

- Atualizado em 18/10/2016 18:40

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio à divulgação de uma série de e-mails do círculo próximo da candidata democrata Hillary Clinton, o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, afirmou que teve sua internet cortada de forma súbita na Embaixada do Equador em Londres, onde vive há mais de quatro anos.

"Podemos confirmar que o Equador cortou o acesso de Assange à internet no sábado, às 17h GMT [15h em Brasília], pouco após a publicação de [discursos de Hillary] Clinton para Goldman Sachs ", disse o WikiLeaks nesta segunda (17).

Desde o início do mês, o WikiLeaks vem divulgando e-mails com posições de Hillary, entre eles trechos de palestras da democrata feitos a bancos, após a agora candidata ter deixado seu cargo na administração Barack Obama.

Neles, a ex-secretária de Estado revela opiniões favoráveis ao mercado financeiro e ao livre comércio, o que contrasta com seu discurso na corrida à Casa Branca.

Segundo o WikilLeaks, as mensagens foram retiradas do e-mail do chefe de campanha da democrata, John Podesta.

Nesta terça (18), o grupo acusou o secretário de Estado americano, John Kerry, de pedir pessoalmente ao Equador para que a publicação de documentos sobre Hillary fosse interrompida. Citando "múltiplas fontes americanas", o WikiLeaks disse que a demanda foi feita às margens de encontros no mês passado com Kerry, durante o acordo de paz com as Farc na Colômbia.

O Departamento de Estado dos EUA negou a acusação.

"Apesar das nossas preocupações sobre o WikiLeaks serem duradouras, qualquer sugestão de que o secretário Kerry ou o Departamento de Estado estejam envolvidos na interrupção do WikiLeaks são falsas", disse o porta-voz da secretaria, John Kirby.

A chancelaria do Equador reafirmou o status de asilado de Assange e disse que "sua proteção pelo Estado do Equador continuará enquanto permanecerem as circunstâncias que levaram à concessão do asilo".

Assange está alojado na embaixada equatoriana desde junho de 2012, quando pediu asilo para evitar uma extradição para a Suécia, onde é acusado de crimes sexuais. O governo britânico já deixou claro que, se ele sair da embaixada, será preso.

Até agora, sua estadia na embaixada não evitou que ele continuasse a exposição de segredos de Estado e negociações comerciais.

Nas duas últimas semanas, autoridades do Partido Democrata e agências do governo dos Estados Unidos acusaram o governo russo de realizar uma campanha de ciberataques contra organizações do partido antes das eleições presidenciais, em 8 de novembro.

Se o motivo da interrupção do acesso à internet tiver motivação diplomática, vai de encontro com a posição do presidente do Equador, Rafael Correa, que disse recentemente em entrevista que prefere Hillary contra o adversário republicano, Donald Trump.

Há quem duvide, porém, que Correa tenha se dobrado à pressão norte-americana.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 10/12

IZAURA FERREIRA DE ANDRADE, 70 ANOS

ARAPONGAS
CLÁUDIO SILVA, 88 ANOS

IVAIPORÃ
VALDETE CORDEIRO PEREIRA, recém-nascida
MIRIAM PEREIRA DE LIMA, 70 ANOS
CLÓVIS DE ALCÂNTARA BRASIL, 53 ANOS

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60