Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Confrontos se intensificam em Aleppo; missão russa em Damasco é atacada

Loading...

GERAL

Confrontos se intensificam em Aleppo; missão russa em Damasco é atacada

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Rebeldes sírios e forças leais ao ditador Bashar al-Assad intensificaram nesta terça-feira (4) seus enfrentamentos na cidade de Aleppo, no norte do país. Áreas controladas pelo regime sírio foram atingidas por foguetes lançados por rebeldes, deixando ao menos seis mortos e 47 feridos, segundo a mídia estatal.

Um dos locais atingidos foi a Faculdade de Ciências da Universidade de Aleppo. O ataque deixou dois estudantes mortos, segundo a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que tem sede no Reino Unido.

Aleppo é uma das maiores cidades da Síria e uma das principais frentes de batalha da guerra civil atualmente. Controlada por grupos rebeldes, alguns dos quais apoiados pelos EUA, a cidade se encontra sitiada pelas forças do regime sírio.

Nas regiões controladas por grupos insurgentes, as tropas do regime sírio realizam uma ofensiva pelo sul para tentar retomar as áreas. Rebeldes disseram ter conseguido repelir nesta terça um ataque do regime contra um bairro em disputa.

A ofensiva das tropas leais a Assad é acompanhada por bombardeios das forças aéreas da Síria e da Rússia.

A ONU (Organização das Nações Unidas) estima que 270 mil pessoas estejam cercadas em Aleppo. Segundo o Observatório, ao menos 420 pessoas morreram e mil ficaram feridas na cidade, principalmente nas áreas controladas pelos rebeldes, desde o fracasso de um cessar-fogo promovido pelos EUA e pela Rússia há algumas semanas. Hospitais e postos de saúde da cidade têm sido atacados frequentemente.

RÚSSIA

A Rússia informou nesta terça que sua embaixada em Damasco havia sido bombardeada no dia anterior. Segundo nota da chancelaria do país, dois foguetes atingiram o prédio da embaixada e um foguete caiu perto do complexo residencial. O ataque, que não deixou feridos, foi atribuído à filial síria da rede terrorista Al Qaeda.

A chancelaria russa disse também que o ataque é resultado das políticas dos Estados Unidos e de seus aliados, as quais "intensificam a matança na Síria".

Também nesta terça, o secretário-geral da ONU instou os Estados Unidos e a Rússia a retomar as negociações para um cessar-fogo na Síria e disse que uma trégua é fundamental para que se possa levar ajuda humanitária à população de Aleppo.

"Eu os instarei a continuar as negociações para pôr fim às hostilidades", disse Ban a jornalistas em Estrasburgo, na França.

Em um sinal de deterioração das relações diplomáticas, os EUA decidiram nesta segunda-feira suspender as conversas com a Rússia para um cessar-fogo na Síria, acusando Moscou de violar compromissos para interromper as hostilidades contra rebeldes sírios.

Em Bruxelas, o secretário de Estado americano, John Kerry, disse nesta terça que os esforços para a paz na Síria não devem ser interrompidos, apesar da suspensão das negociações com a Rússia.

"Nós não estamos desistindo do povo sírio e não estamos abandonando a busca pela paz", afirmou Kerry.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO ·