Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sem cumprir meta de ir em todas as casas, governo estende ação antiaedes

Loading...

GERAL

Sem cumprir meta de ir em todas as casas, governo estende ação antiaedes

NATÁLIA CANCIAN
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Sem cumprir a meta prevista de visitar 100% dos imóveis do país até o fim de fevereiro em ações contra o Aedes aegypti, o governo decidiu estender as inspeções em busca de focos do mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya.
Ao todo, foram visitados 88,8% dos imóveis registrados no país -o equivalente a 59,6 milhões de casas, apartamentos e estabelecimentos públicos ou comerciais, segundo balanço divulgado nesta sexta-feira (4).
Deste total, 48,2 milhões foram vistoriados entre o início de janeiro e o dia 29 de fevereiro. Outros 11,3 milhões estavam fechados ou houve recusa para o acesso.
No balanço, o Ministério da Saúde diz que o monitoramento continuará por meio de um "novo ciclo" de mobilização e defende que as ações "devem ser permanentes".
Ainda segundo o relatório, 3,36% dos imóveis visitados, ou 1,6 milhão, tinham focos do mosquito Aedes aegypti em recipientes com água parada. A meta é reduzir o percentual de imóveis com focos do mosquito para menos de 1%.
Entre os Estados, Pernambuco teve o maior volume de visitas, seguido de Rondônia e Mato Grosso do Sul. As inspeções foram feitas por 266 mil agentes comunitários de saúde e 46 mil agentes de controle de endemias, além de militares.
Desde o dia 1º de fevereiro, agentes podem entrar à força em imóveis fechados ou em locais onde o proprietário recusa a vistoria e há risco de haver focos do Aedes aegypti. A medida ocorre após dois alertas prévios em um intervalo de dez dias.
Essa não é a primeira vez que o prazo para que a meta seja atingida é prorrogado. Inicialmente, a meta do governo era visitar 100% dos imóveis até o fim de janeiro. Mas atrasos na instalação de salas de coordenação e controle nos Estados, planejadas para acompanhar as visitas, fizeram com que o prazo inicial fosse estendido até o fim de fevereiro.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57