Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Trumpmania arrebata Superterça republicana

Loading...

GERAL

Trumpmania arrebata Superterça republicana

MARCELO NINIO, ENVIADO ESPECIAL
RICHMOND, VIRGINIA, EUA (FOLHAPRESS) - O empresário Donald Trump venceu ao menos 6 das 13 prévias republicanas disputadas nesta terça (1°), duas delas sem resultados vinculantes, ganhando um impulso considerável na disputa pela candidatura do partido à Casa Branca, indicaram projeções com base na apuração e em pesquisas.
O avanço de Trump mostra vigor entre fatias do eleitorado de perfis distintos e em Estados tão diferentes como a sulista e conservadora Georgia e o moderado Massachusetts, desafiando a resistência dos líderes do partido, que lançaram uma campanha retórica para contê-lo.
Em discurso após a divulgação das projeções, Trump atacou seus dois principais adversários na corrida republicana, os senadores Marco Rubio e Ted Cruz, mas deixou claro que seu alvo já é a democrata Hillary Clinton.
"Vai ser uma disputa fácil", disse o empresário, embora naas sondagens para a eleição de novembro ele apareça atrás tanto de Hillary quanto do outro pré-candidato democrata, Bernie Sanders.
"Se é que deixarão ela concorrer", provocou Trump, em referência à investigação sobre o uso de um servidor privado por Hillary para receber e-mails oficiais quando era secretária de Estado.
Até a 1h de hoje, Trump tinha conquistado 139 delegados do partido, bem à frente dos 52 de Cruz e aos 25 de Rubio.
Conhecida como Superterça por reunir o maior número de prévias partidárias num mesmo dia, a rodada de votações colocou em disputa 595 votos de delegados (representantes partidários) que definirão o candidato republicano na convenção do partido, em julho. Para garantir a candidatura são necessários 1.237 delegados.
Próxima etapa
Trump escolheu a Flórida para o seu discurso da vitória já de olho em um dos Estados que fazem parte da próxima fase crucial da disputa republicana, no próximo dia 15.
Os opositores do empresário no partido se articulam para investir milhões de dólares em propaganda negativa contra Trump, numa última tentativa de frear sua trajetória rumo à candidatura.
Uma das surpresas da noite foi a vitória do senador Ted Cruz em dois Estados.
Cruz confirmou as pesquisas que indicavam que ele venceria no Texas, sua base política, mas ele também ficou venceu no vizinho Oklahoma. Com a vitória na primeira prévia da temporada em Iowa, o ultraconservador Cruz acumula três êxitos.
"Sou o único que ganhou de Donald Trump e hoje provei ser o único capaz de derrotá-lo", afirmou o senador em discurso no Texas.
O desempenho de Cruz o deixa à frente de Marco Rubio, o preferido da cúpula do partido. Ao longo da Superterça, Cruz repetiu que somente uma disputa de dois concorrentes pode impedir a vitória Trump e exortou Rubio a abandonar a corrida.
Após partir agressivamente para o ataque contra Trump nos últimos dias, Rubio corria o risco de sair da Superterça com um resultado decepcionante, sem ganhar em nenhum Estado de peso (não havia projeção para Vermont, Alasca e Minnesotta até a conclusão desta edição).
Além disso, Rubio teve dificuldade em atingir a votação mínima para obter delegados em Estados importantes, como o Texas.
Não havia sinal, porém, de que pretendesse desistir. Seu desempenho na Flórida é considerado agora vital.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias