Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Agente de segurança derruba fotógrafo em comício de Trump

Loading...

GERAL

Agente de segurança derruba fotógrafo em comício de Trump

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O fotógrafo da revista "Time" Christopher Morris foi derrubado nesta segunda-feira (29) por um membro do serviço de segurança em um comício do pré-candidato republicano Donald Trump. Parte da agressão foi filmada.
De acordo com vários vídeos do incidente transmitidos no Twitter e Instagram, Christopher Morris estava em Radford (Virginia), junto à corda que define o espaço de imprensa, quando manifestantes que interromperam o comício estavam sendo retirados.
Um funcionário da segurança, que, segundo a rede CBS, é um membro do serviço secreto encarregado de proteger personalidades, pediu ao fotógrafo que ficasse atrás da cerca.
O fotógrafo teria então insultado o agente, que o pegou então pelo pescoço e jogou-o ao chão.
Um outro vídeo mostra o fotógrafo levantando-se e tentando alcançar o pescoço do agente. Em seguida ele é retirado do local.
"Saí um metro e meio da área de imprensa e ele me pegou pelo pescoço, começou a me estrangular e me jogou no chão", disse Morris a um repórter da CNN.
Donald Trump, Hillary Clinton e Bernie Sanders são protegidos por um contingente de policiais do serviço secreto.
Eles servem como guarda-costas de candidatos, mas também monitoram a segurança e o acesso em todos os movimentos dos candidatos, com o apoio das forças policiais locais.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias