Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

"Perdemos a batalha, não a guerra. A luta continua", diz Evo após derrota

Loading...

GERAL

"Perdemos a batalha, não a guerra. A luta continua", diz Evo após derrota

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No poder desde 2006, o presidente boliviano, Evo Morales, reconheceu nesta quarta-feira (24) sua derrota no referendo de domingo, que rejeitou sua intenção de se candidatar a um quarto mandato consecutivo (2020-2025).
"Respeitamos os resultados, faz parte da democracia", afirmou em uma coletiva de imprensa no Palácio Quemado em La Paz, quando acrescentou que "perdemos a batalha, mas não perdemos a guerra".
"A luta continua", disse ainda.
Com 99,49% das urnas apuradas, o "Não" se impôs com 51,31% dos votos contra 48,69% do "sim", afirmou a presidente do Tribunal Supremo Eleitoral, Katia Uriona.
Essa foi a primeira derrota eleitoral do presidente em uma década no poder. Em 2009 Morales conseguiu aprovar uma nova constituição com 61.43% dos votos.
Após confirmação dos resultados nesta terça-feira (23), houve comemoração nas ruas de Santa Cruz, cidade a oeste do país onde a oposição ao governo é forte. La Paz também foi palco de comemorações.
O resultado também impede que o vice-presidente Álvaro García de concorrer novamente.
"Uma ampla faixa de eleitores que antes apoiava o governo se juntou à oposição tradicional de Evo, formada pelos ricos e pela classe média", disse Jim Shultz, diretor executivo do Centro da Democracia na Bolívia, grupo que atua na área do direito.
"Essa mudança não representa uma guinada à direita", mas sim uma reprovação da corrupção e a afirmação de que "20 anos é tempo demais para uma pessoa ser presidente", ele acrescentou.
O vice-presidente acusou a oposição de estar "tentando fazer desaparecer os votos a favor de Morales vindos das áreas rurais". García não apresentou nenhuma evidência.
Observadores da Organização dos Estados Americanos não reportaram evidências de fraude no referendo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 24/02

MARIA DE OLIVEIRA MARICATO, 74 anos
CACILDA LEITE DE SOUZA, 82 anos

IVAIPORÃ 23/02

MARIA JOSÉ PEREIRA, 90 ANOS
MARTA MARIA DA SILVA OLIVEIRA, idade não divulgada
SEBASTIANA RECHE RIBEIRO, 87 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1906 · 23/02/2017

06 27 33 39 40 60