Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Aumenta o número de crianças suicidas usadas na Síria em atentados

Loading...

TERROR SEM LIMITES

Aumenta o número de crianças suicidas usadas na Síria em atentados

Ataques suicidas com crianças na Síria estão cada vez mais frequentes - Foto - Reprodução - vídeo - Screenshot

Já chega a 89 o número menores, com  idades entre 12 e 16 anos, cooptados pelos jihadistas na Síria que foram usados como voluntários-bomba e morreram durante a realização de operações de combate no período de 1 de janeiro de 2015 e 31 de janeiro de 2016, conforme relatório divulgado recentemente pelo Centro de Combate ao Terrorismo junto à Academia Militar dos EUA em West Point e reproduzido pela revista alemã Der Spiegel. Segundo o levantamento, a taxa de morte das crianças está aumentando no comparativo anual. Em janeiro de 2015, seis crianças morreram em operações suicidas e, em janeiro deste ano, o número subiu para 11 crianças mortas neste tipo de situação na Síria.

EXIBICIONISMO
 DO TERROR- Os jihadistas são exibicionistas e postam com frequência na internet imagens de campos de treinamento onde aparecem meninos especialmente orientados para matar, diferente de outros grupos terroristas, como o Boko Haram, que esconde a utilização de crianças em ataques suicidas.

EXPLOSIVOS JUNTO AO CORPO - Ainda segundo o relatório reproduzido pela Der Spiegel, dos 89 casos de crianças suicidas registrados, 39 por cento morreram após detonarem um dispositivo explosivo levado junto ao corpo. Já outros 33 por cento foram mortos em combate nas operações de guerra, seis por cento morreram enquanto trabalhavam como propagandistas e quatro por cento cometeram suicídio em ataques em massa contra civis.

Observadores e analistas internacionais estimam que a reintegração de toda uma geração de crianças que sofreram lavagem cerebral na Síria pode demorar muito para ocorrer.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias