Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Servidores ameaçam greve no Recife, epicentro dos casos de microcefalia

Loading...

GERAL

Servidores ameaçam greve no Recife, epicentro dos casos de microcefalia

KLEBER NUNES
RECIFE, PE (FOLHAPRESS) - Em meio a uma tríplice epidemia de dengue, zika e chikungunya, os servidores municipais do Recife, incluindo os da saúde, decretaram greve nesta terça (23). Os trabalhadores devem paralisar as atividades a partir da 0h da próxima segunda-feira (29), o que pode comprometer o funcionamento de hospitais, postos e policlínicas.
Desde novembro do ano passado, o Recife está em estado de emergência devido às doenças que são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. De acordo com o último boletim da Secretaria Municipal de Saúde, até o último dia 13, a capital registrou 1.195 casos de dengue, 908 de chikungunya e 617 de zika.
Recife também é a cidade pernambucana com mais notificações de microcefalia - má formação do perímetro cefálico que compromete o desenvolvimento infantil. Já são 279 casos notificados da anomalia, supostamente causados pelo vírus da zika.
Por causa do cenário crítico, a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, visitará a capital pernambucana nesta quarta-feira (24).
"Por enquanto a paralisação deve afetar os setores administrativos das unidades, como a marcação de consultas e o funcionamento das farmácias. Mas vamos respeitar a lei e manter 30% do efetivo", afirmou o presidente do Sindsepre (Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais da Administração Direta e Indireta do Recife), e vereador Osmar Ricardo (PT).
A entidade que representa cerca de 18 mil servidores de 18 secretarias e quatro empresas municipais reivindica um reajuste salarial de 10,67%, aumento do ticket alimentação de R$ 14 para R$ 18 e a implantação dos planos de cargos e carreiras.
De acordo com o secretário de Administração e Gestão de Pessoas do Recife, Marconi Muzzio, a prefeitura ainda não foi notificada, mas ele recebeu a notícia com surpresa. Muzzio disse que nesta segunda-feira (22) apresentou a proposta de reajuste de 7,5% dos salários condicionado ao aumento na RLR (Receita Líquida Real) do município.
Bimestralmente, a partir de janeiro, a prefeitura divulgará o número de crescimento da RLR e de acordo com o índice, os servidores já poderão garantir o reajuste. O aumento será dado de acordo com o apurado dos 12 meses, considerando o último mês do bimestre.
Caso o patamar de crescimento atinja índice suficiente, o percentual acordado será concedido retroativo ao primeiro mês do bimestre analisado.
"Em meio à negociação fomos surpreendidos por esse anúncio de greve, ao meu ver sem cabimento, pois estamos com os canais de diálogo abertos", afirmou Muzzio. O secretário espera que "os servidores, sobretudo os da saúde, tenham sensibilidade e não paralisem as atividades".
"Ainda não dá para avaliar se haverá um prejuízo direto para a população. Vamos cumprir o acordo e voltar a nos reunir na próxima segunda-feira (29), até lá vou me reunir com os outros secretários", disse Muzzio.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57