Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Saúde volta a divulgar casos de microcefalia relacionados com zika

Loading...

GERAL

Saúde volta a divulgar casos de microcefalia relacionados com zika

FLÁVIA FOREQUE
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Ministério da Saúde voltou a divulgar, nesta terça-feira (23), o número de casos de microcefalia relacionados ao vírus da zika. A mudança acontece apenas uma semana após a pasta afirmar que o dado não mais seria informado, para evitar problemas de "interpretação".
"Quando dizíamos que eram 41 casos comprovados para o vírus zika, isso passava a impressão que os outros 400 casos não eram causados pelo zika. E a ideia não é essa", disse o ministro Marcelo Castro (Saúde) na semana passada. O argumento do governo é de que a quantidade de casos em que a relação foi confirmada é muito modesta diante do cenário de epidemia de zika no país.
Em boletim divulgado nesta terça (23), foram confirmados 583 casos de recém-nascidos com microcefalia e outras más-formações do sistema nervoso central, o que corresponde a um aumento de quase 15% em relação ao número anterior (508). Desse universo, 67 estão comprovadamente ligados ao zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.
"O Ministério da Saúde ressalta que esse dado não representa, adequadamente, a totalidade do número de casos relacionados ao vírus. A pasta considera que houve infecção pelo Zika na maior parte das mães que tiveram bebês, cujo diagnóstico final foi de microcefalia", afirma o texto.
A última estatística divulgada, no início de fevereiro, apontava que 41 casos de microcefalia estavam ligados ao zika - de um universo de 462 casos confirmados de microcefalia.
O novo boletim foi divulgado no momento em que a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, visita o Brasil para acompanhar de perto a resposta do país frente a epidemia da doença. Na tarde de hoje, ela teve encontro com a presidente Dilma Rousseff e, no fim do dia, segue para Pernambuco, Estado que concentra maior número de casos.
Os dados mais recentes apontam ainda um aumento, de 108 para 120, do número de óbitos por microcefalia ou alteração do sistema nervoso central após o parto ou durante a gravidez. Houve ainda crescimento de 4,3% no número de casos suspeitos notificados desde outubro do ano passado, saltando de 3.935 na semana passada para 4.107.
Os casos confirmados de microcefalia estão espalhados por 235 municípios do país, em 16 unidades da federação. Até semana passada, esses casos estavam em 203 cidades, em 13 unidades.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 23/02

JOÃO DA ROCHA GREGORIO, 68 anos

BOM SUCESSO 23/02

MARIA APARECIDA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57