Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

São Paulo tem 827 casos confirmados de dengue em janeiro

Loading...

GERAL

São Paulo tem 827 casos confirmados de dengue em janeiro

FABRÍCIO LOBEL
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de São Paulo tem 827 casos confirmados de dengue em janeiro deste ano, afirmou o secretário municipal da Saúde, Alexandre Padilha, durante divulgação de novo balanço nesta terça-feira (23).
O levantamento mostra um aumento de 16,5% em relação a janeiro do ano passado, quando a secretaria registrou 710 casos. Em relação aos casos notificados, a cidade teve 5.877 em janeiro deste ano ante 2.406 no mesmo período de 2015.
A explicação para o aumento do número de casos de dengue em São Paulo são, segundo Padilha, a falta de água na periferia, a forte resistência do mosquito, o calor e a existência de criadouros.
Os dados também se referem a casos ocorridos até a quarta semana epidemiológica. Nessa semana, entre os dias 24 e 31 de janeiro, o número de casos confirmados caiu em relação às semanas anteriores.: foram 185 casos ante 223 da semana anterior. Já as notificações passaram de 1.717 casos para 1.535 nesta quarta semana.
Padilha disse que as ações de conscientização e de busca por criadouros do Aedes Aegypti podem ter auxiliado neste recuo de casos na quarta semana epidemiológica. Para ele, no entanto, ainda é cedo para avaliar se essa queda de casos será tendência para os próximos meses.
"Nós não queremos dizer aqui que esses dados já nos dão a ideia de que teremos uma redução da notificação ou da confirmação de dados. Pelo contrário. É muito precoce para afirmar que isso é uma tendência. Vamos lembrar que período epidêmico para a dengue para a cidade de São Paulo é sobretudo em março, abril e maio", disse Padilha.
Os bairros da Penha e Lajeado, na zona leste de São Paulo, foram os que mais registraram casos de dengue. Padilha disse que a partir desta quarta-feira (24), a secretaria vai montar duas tendas da dengue na região. "Não esperamos atingir 40% de atendimento nas unidades de saúde da região para abrir as tendas. Optamos por instalar em benefício da população", disse.
"Temos 73 mil casos de dengue no país. Em 2015, mais da metade dos casos aconteceram no interior e litoral do Estado de São Paulo", disse Padilha, que lembrou que a "letalidade dos casos de dengue aumentou no Estado entre 2009 e 2015, mas que na cidade, apesar do aumento, o número de casos vem caindo nos últimos três anos e não houve registro de morte ocasionada por dengue. No Estado já foram três."
Segundo o secretário, cerca de 382 mil casas foram visitadas até esta segunda (22). Em 35% delas, os agentes encontraram focos do criadouro do mosquito Aedes aegypti. Com ajuda do Exército, os agentes visitaram cerca de 65 mil casas nas zonas oeste e norte, onde encontram 15 mil casas com água parada.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 24/02

MARIA DE OLIVEIRA MARICATO, 74 anos
CACILDA LEITE DE SOUZA, 82 anos

IVAIPORÃ 23/02

MARIA JOSÉ PEREIRA, 90 ANOS
MARTA MARIA DA SILVA OLIVEIRA, idade não divulgada
SEBASTIANA RECHE RIBEIRO, 87 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1907 · 25/02/2017

03 25 35 38 44 48