Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Justiça do Rio decreta prisão de suspeito de participar da morte de turista

Loading...

GERAL

Justiça do Rio decreta prisão de suspeito de participar da morte de turista

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Justiça do Rio decretou a prisão preventiva de Douglas Menelick Gonzaga, 32, um dos acusados de matar a facadas uma turista argentina na madrugada de quarta-feira (17), na praia de Copacabana, zona sul do Rio.
Laura Pâmela Vianna, 25, e três amigas estavam na areia da praia quando foram abordadas por dois criminosos por volta das 2h30. Elas tentaram fugir. Laura sofreu uma facada no tórax.
A turista chegou a ser socorrida e levada para o hospital municipal Miguel Couto, na zona sul do Rio, mas não resistiu ao ferimento.
Douglas foi preso com o outro acusado, Paulo Henrique Coelho Moreira, 21, na mesma madrugada, acusados de participar do crime. A arma do crime não foi encontrada.
Segundo a Justiça do Rio, Douglas estava em liberdade provisória. Em 11 de janeiro, ele foi preso por roubo, mas obteve a liberdade provisória por ser considerado "réu primário em crime de menor gravidade".
Ao determinar a prisão preventiva, na sexta-feira (19), o juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal, considerou a reincidência e o dolo (intenção) do crime.
"A nova prisão em flagrante do acusado constitui forte indício de que o mesmo continuou praticando crimes da mesma natureza, havendo, inclusive, reconhecimento das vítimas", escreveu o juiz num trecho da decisão.
O corpo da turista foi levado para o país na quinta-feira, segundo o site argentino "La Nácion". Laura era casada e mãe de um menino de quatro anos. Por decisão do pai, ele saberia da morte apenas na Argentina, acompanhado de psicólogos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias