Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Subsidiária da Petrobras tenta retirar petroleiro encalhado em Ilhabela (SP)

Loading...

GERAL

Subsidiária da Petrobras tenta retirar petroleiro encalhado em Ilhabela (SP)

NICOLA PAMPLONA
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um navio petroleiro carregado de petróleo está encalhado desde segunda-feira (15) no canal de São Sebastião, entre os municípios de São Sebastião e Ilhabela. O navio presta serviço para a Transpetro, subsidiária da Petrobras, que iniciou na manhã desta quinta-feira (18) uma operação para tentar retirar a embarcação.
O petroleiro Recife Knutsen encalhou em um banco de areia quando se dirigia ao Terminal de São Sebastião, que é responsável pelo abastecimento de petróleo às refinarias de São Paulo. Segundo a Transpetro, a embarcação foi direcionada para o banco de areia "devido ao mau tempo".
A operação iniciada na manhã desta quinta consiste na transferência de parte da carga para outro navio. O objetivo é reduzir o peso do Recife Knutsen e facilitar sua retirada do local.
"Todo o procedimento está sendo realizado por equipes especializadas da Transpetro, conta com a orientação de um prático credenciado pela Capitania dos Portos e tem o apoio de seis rebocadores", diz a companhia, acrescentando que a ação foi autorizada pela Marinha do Brasil e por órgãos ambientais.
O Recife Knutsen é um navio do tipo Aframax, com capacidade para transportar até 700 mil barris de petróleo (o equivalente a cerca de 111,3 milhões de litros). A Transpetro não respondeu qual o volume transportado pelo navio no momento do acidente.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias