Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ribeirão Preto (SP) confirma 11 casos de zika em gestantes

Loading...

GERAL

Ribeirão Preto (SP) confirma 11 casos de zika em gestantes

MARCELO TOLEDO
RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - A secretaria da Saúde de Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo) confirmou o registro de 11 casos de zika em gestantes do município. Há outras 118 grávidas que apresentaram manchas vermelhas no corpo e que aguardam os resultados de exames.
Cidade que vive epidemia de dengue e surto de zika, Ribeirão teve 1.557 casos confirmados de dengue somente em janeiro, conforme boletim divulgado nesta segunda-feira (15) pela Vigilância Epidemiológica local. No último sábado, um bebê de quatro meses morreu com suspeita de dengue hemorrágica no município.
Há, ainda, 430 casos suspeitos de zika notificados no mês passado, 11 dos quais já foram confirmados, e 21 suspeitos de chikungunya.
As grávidas foram submetidas a exames pela prefeitura devido à associação entre o vírus da zika e a microcefalia em recém-nascidos. De 140 gestantes que fizeram exames, 11 foram descartadas até agora -as manchas vermelhas no corpo se deviam a outros fatores. Dez dos 11 casos confirmados são referentes ao mês de janeiro, e 1, a dezembro. Há, ainda, outra pessoa infectada pelo vírus.
Esse contingente de infectados pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor das três doenças, está superlotando UBDSs (Unidades Básicas Distritais de Saúde) da cidade, que chegou a ter na última semana espera superior a oito horas para atendimento de pacientes com suspeita de alguma das moléstias.
As longas filas desde o início do ano obrigaram a prefeitura a abrir um polo exclusivo para o tratamento de pacientes na quinta-feira (11) -que, desde então, fez 1.060 atendimentos. A administração diz que houve redução de cerca de 10% dos pacientes nas UBDSs.
Foram contratados cerca de 20 médicos para atuar nos polos, com remuneração de R$ 1.200 por plantão de 12 horas.
DESVIO DE FOCO
Em entrevista à imprensa na tarde desta segunda-feira, representantes da secretaria da Saúde de Ribeirão pediram a contribuição dos moradores no combate ao mosquito Aedes aegypti.
Segundo o governo, em mutirão realizado no último sábado (13) na região oeste da cidade foram recolhidos 11,7 toneladas de materiais que poderiam servir de criadouro ao mosquito. Além deles, moradores se desfizeram de 30 sofás -o que não é o foco do mutirão. A região concentra 475 casos de dengue.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MAUÁ DA SERRA 09/12

CLAUDENIR COELHO SOARES, 35 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60