Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Hillary perde apoio em regiões de New Hampshire onde venceu em 2008

Loading...

GERAL

Hillary perde apoio em regiões de New Hampshire onde venceu em 2008

THAIS BILENKY, ENVIADA ESPECIAL
MANCHESTER, NEW HAMPSHIRE (FOLHAPRESS) - A derrota de Hillary Clinton na primária democrata em New Hampshire, na terça-feira (9), para o senador por Vermont Bernie Sanders mostrou que a pré-candidata perdeu apoio desde 2008, quando derrotou Barack Obama no Estado.
Com 89% dos votos apurados, Hillary tinha 38,4%, contra 60% de Sanders no total da disputa pela nomeação democrata do candidato à Presidência dos Estados Unidos.
Isolando-se as regiões onde ela venceu em 2008, a proporção se mantém: 58,8% para o senador contra 39,3% para a ex-secretária de Estado, mostra compilação do jornal "The New York Times".
Nas áreas que favoreceram Obama, a distância aumenta --Sanders ganhava de 61,7% ante 37,1%.
Em discurso após a prévia, Hillary disse que dará a volta por cima. "Não importa se você cai, importa se você consegue se reerguer", afirmou.
Ela precisará trabalhar para manter a dianteira nacional --Hillary está à frente de Sanders por cerca de 13 pontos. New Hampshire é um dos Estados-chave no processo eleitoral, por ser um dos primeiros a ir às urnas e, portanto, ter poder de influenciar eleitores em outras regiões dos Estados Unidos.
REPUBLICANOS
Entre os republicanos, com 89% das urnas apuradas, o bilionário e apresentador de TV Trump estava com 35,1%, quase 20 pontos à frente do governador de Ohio, John Kasich (15,9%), que, se confirmada a posição, terá alcançado surpreendente o segundo lugar em New Hampshire, após meses sem ter destaque.
Kasich tem usado uma mensagem centrista e positiva em contraste com o populismo radical de Trump.
Em ambos os partidos, os vencedores já eram previstos pelas pesquisas --e diferentes de Iowa, o primeiro Estado a votar e que deu vitória a Cruz e Hillary.
Analistas apostavam que um resultado expressivo de um nome moderado em New Hampshire seria fundamental para conter o avanço de Trump, temido pela direção partidária por suas propostas populistas e radicais.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 21/01

DEVANIL NAREZE, 71 ANOS

APUCARANA 21/01

VALENTIN SEGOBIA, 56 ANOS

FRANCISCO PEREIRA DO CARMO, 81 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1895 · 18/01/2017

02 03 05 10 15 34