Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

América Latina fará compra de remédio para síndrome ligada à zika

Loading...

GERAL

América Latina fará compra de remédio para síndrome ligada à zika

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Doze países da América Latina deverão passar a comprar conjuntamente medicamentos caros como os usados no tratamento da síndrome de Guillain-Barré -doença neurológica associada ao vírus da zika.
A decisão foi tomada em uma reunião dos ministros da Saúde realizada nesta quarta-feira (3) em Montevidéu.
O encontro fora pedido pela presidente Dilma Rousseff para determinar uma ação conjunta no combate às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.
Entre as medidas que serão adotadas também estão a criação de um grupo emergencial para monitorar se as recomendações estão sendo seguidas e a capacitação recíproca de profissionais para realizar o diagnóstico.
TESTE ÚNICO
O ministro brasileiro da Saúde, Marcelo Castro, afirmou, após a reunião, que o governo começará a distribuir até o fim deste mês o teste único para detectar zika, dengue e chikungunya. Hoje, é preciso fazer um exame para investigar cada doença.
Em janeiro, a projeção da pasta era que o teste não estaria disponível no curto prazo. Castro, no entanto, disse que o exame já foi desenvolvido pelo instituto Bio-Manguinhos e que está em fase de produção.
O teste, cujo diagnóstico deverá sair até três horas após a coleta de sangue, será distribuído pelo SUS.
As doenças, porém, só serão reconhecidas em suas fases agudas - quando o vírus está circulando pelo sangue.
Passado esse período, seria possível identificar enfermidades apenas com um teste sorológico (que detecta os anticorpos), o que ainda não existe no mundo.
Questionado pela reportagem sobre a possibilidade de legalizar o aborto em caso de fetos com microcefalia, Castro afirmou que a posição do ministério é de cumprir a legislação brasileira - que não permite o aborto nesses casos -, mas que o governo está aberto ao diálogo.
"Achamos que todo país democrático não pode restringir nenhum debate, sobretudo aqueles de interesse da sociedade."
Segundo Castro, a questão foi levantada na reunião por alguns países de "forma individual", não chegando a haver uma discussão ampla sobre o assunto.
O ministro ainda afirmou que, durante a Olimpíada, os turistas receberão o mesmo procedimento dos brasileiros: receberam informações sobre a "grande gravidade" da epidemia e sobre a necessidade de se proteger.
Castro ainda disse que a situação das doenças no país está "sob controle". Há pouco mais de uma semana, porém, ele havia gerado polêmica ao afirmar que o Brasil estava perdendo "feio" no combate ao mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya.
O Ministério da Saúde não tem o número total de casos com zika, mas informa que já são 404 casos confirmados de recém-nascidos com microcefalia. Desse total, 17 com exame positivo para o vírus zika. Há ainda 3.670 casos em fase de investigação.
Castro disse não ter dúvidas na correlação positiva entre o vírus da zika e os casos de microcefalia. "A única resposta que não temos é se o vírus é suficiente para desencadear a má-formação ou se há outro fator associado."
A diretora Organização Pan-Americana da Saúde, Carissa Etienne, no entanto, afirmou que ainda não é possível identificar o vírus como causador de microcefalia.
Segundo ela, também não se pode ter um número exato de pessoas que tiveram zika, pois apenas uma em cada quatro costuma apresentar sintomas.
"[Mas] antecipamos que até 4 milhões de pessoas serão infectadas [até o fim de 2016]."
Etienne acrescentou que ainda não há provas de transmissão de zika por contato sexual.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 03/12

ALTAIR RAIMUNDO DE SOUZA, 46 anos
AMADEU FERNANDES, 58 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1881 · 30/11/2016

03 10 30 44 53 56