Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Justiça determina que gestão Haddad pode usar multas para custear a CET

Loading...

GERAL

Justiça determina que gestão Haddad pode usar multas para custear a CET

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Paulo Dimas Mascaretti, suspendeu a decisão de caráter liminar que proibia a Prefeitura de São Paulo de usar o dinheiro arrecadado com multas de trânsito no custeio da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).
A liminar havia sido concedida pelo juiz Luis Felipe Ferrari Bedendi, da 5ª Vara da Fazenda Pública, no dia 18 de janeiro, a pedido do promotor Marcelo Milani, do Ministério Público Estadual. A Promotoria argumentava que as punições aos motoristas tinham se transformado em fonte auxiliar de renda para a prefeitura. Os promotores afirmavam que só tributos deveriam ser usados para custear a CET.
Na decisão, Bedendi havia dito que "a manutenção da estrutura administrativa da CET não se constitui em investimento, não podendo, por conseguinte, ser bancada pelo dinheiro arrecadado de multas de trânsito".
A gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) recorreu da decisão e afirmou que a utilização de recursos de multas para custeio da CET está de acordo com as atividades previstas (sinalização, engenharia de tráfego e de campo, fiscalização e educação de trânsito).
"O município trouxe argumentos que conferem plausibilidade à tese sustentada, tendente a permitir que despesas como serviços de engenharia de tráfego, de fiscalização e policiamento de trânsito possam ser suportadas com o produto da arrecadação das multas de trânsito", disse Mascaretti em sua decisão nesta terça-feira (2).
O presidente do TJ-SP afirmou ainda que a manutenção da liminar representava violação à ordem pública e oferecia risco a outras áreas da administração. "A vedação do repasse, com a determinação de remanejamento de recursos para custear a estrutura administrativa da CET, causará inegável prejuízo às diretrizes orçamentárias que se ocupam em áreas sensíveis da administração, como saúde e educação", afirmou Mascaretti.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 19/01

FUYUKO ITO KOGA, 96 ANOS 
LEONIDIO NEVES DE CARVALHO, 35 ANOS

APUCARANA 19/01

ANA GERALDA DE JESUS, 81 anos

VANDERLI AURINO DOS SANTOS, 67 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1895 · 18/01/2017

02 03 05 10 15 34