Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Porto Alegre ainda vive caos por falta de água e energia elétrica após temporal

Loading...

GERAL

Porto Alegre ainda vive caos por falta de água e energia elétrica após temporal

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O temporal que atingiu Porto Alegre devastou a capital gaúcha na noite de sexta-feira (29) ainda causa transtornos neste domingo (31). A chuva causou alagamentos, quedas de árvores, estragos e deixou ao menos cem pessoas feridas. A estimativa dos bombeiros é que aproximadamente 400 árvores foram derrubadas pela ventania.
O Corpo de Bombeiros de Porto Alegre informou que a prioridade neste domingo (31) é o restabelecimento da energia elétrica. Aproximadamente 300 mil pessoas ficaram sem fornecimento após o temporal. Até o início da tarde deste domingo, o serviço ainda não havia sido restabelecido para cerca de 102 mil pessoas, segundo informações da CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica).
De acordo com o bombeiros, a falta de energia elétrica prejudicou o sistema de bombeamento de água na capital gaúcha.
Ainda segundo a corporação, uma pessoa ficou ferida na sexta-feira (29), após ser atingida por um raio. Não há informações sobre seu estado de saúde.
O Grupamento de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros de Porto Alegre registrou casos de pessoas feridas devido a desabamentos e choques elétricos. As vítimas foram encaminhadas para hospitais locais.
A força dos ventos atingiu o Cisne Branco, uma tradicional embarcação turística da cidade, que virou durante a tempestade. Ninguém estava no barco no momento do temporal.
Todas as áreas da cidade foram afetadas, segundo informações do Sistema de Vigilância Meteorológica, coordenada pelo Centro Integrado de Comando (CEIC - Metroclima). As rajadas de ventos na região ficaram entre 100 km/h e 120 km/h.
Nas redes sociais, internautas relataram medo e os estragos causados pela chuva. Parte do teto do Shopping Praia de Belas cedeu. Também há relatos de estabelecimentos comerciais e bancos que tiveram vidros e portas quebrados com a chuva.
A previsão do tempo é de instabilidade na capital para este domingo, com chuva entre fraca e moderada, mas que pode ser forte em alguns momentos, informa o Sistema de Vigilância Meteorológica, coordenada pelo Centro Integrado de Comando (CEIC - Metroclima).
HOSPITAL DE CLÍNICAS
O temporal também causou estragos no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, na região central.
O Centro Obstétrico e a Emergência não estavam recebendo novos pacientes neste domingo, segundo informações da própria unidade.
Danos no bloco cirúrgico também causaram a suspensão de todas as cirurgias eletivas. Parte dos leitos do Centro de Terapia Intensiva teve que ser isolada.
A energia elétrica voltou às 9h45 deste domingo, possibilitando a retomada de serviços como tomografia e ressonância magnética, após 12 horas utilizando o gerador.
O hospital informou que está tomando todas as providências para retomar a normalidade dos serviços o mais breve possível.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO ·