Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ministro da Saúde diz que país está perdendo a batalha contra a dengue

Loading...

GERAL

Ministro da Saúde diz que país está perdendo a batalha contra a dengue

YALA SENA
TERESINA, PI (FOLHAPRESS) - O ministro da Saúde, Marcelo Castro, afirmou nesta sexta-feira (22) que o país está perdendo a batalha contra o mosquito Aedes aegypti.
Ao participar de um seminário da Fiocruz (Fundação Osvaldo Cruz), em Teresina (PI), o ministro ressaltou que, se a população não participar do combate ao mosquito, a sociedade entra numa "batalha derrotada".
"Esse mosquito está convivendo com a gente há pelo menos uns 30 anos e, infelizmente, nós estamos perdendo a batalha para ele", disse Marcelo Castro, ao apresentar o Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia para gestores e profissionais da saúde no Piauí, sua terra natal.
Para o ministro, há risco de se criar uma geração que ele chamou de "sequelados", caso não haja a participação dos moradores no combate ao mosquito.
"Não podemos perder essa guerra. Se não, teremos uma geração de sequelados e seremos responsabilizados pela história por não termos nos mobilizado para vencer esse problema", disse.
Segundo Castro, no ano passado o país registrou o maior número de casos de dengue: 1 milhão e 600 mil. Foram mais de 800 mortes devido à doença.
Para ele, a situação se agravou, pois, além de provocar a dengue e a chikungunya, o mosquito transmite a zika, que tem relação com o aumento de casos de microcefalia, má-formação cerebral, em bebês.
"Enquanto tínhamos uma media de 150 casos de microcefalia por ano no país, de outubro para cá já são 3.893 casos notificados suspeitos de microcefalia. É uma verdadeira epidemia que temos de evitar para não ter uma geração de pessoas com deficiência ou transtornos."
Marcelo Castro disse que o Ministério da Saúde busca com laboratórios estrangeiros desenvolver a vacina contra a zika. Segundo ele, dois terços dos criadouros do mosquito são encontrados em casas.
Ao ser questionado por repórteres que acompanhavam o evento sobre uma possível perda de prestígio com a presidente Dilma, o ministro foi seco na resposta e disse que a informação não era verdadeira.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

APUCARANA 05/12

YOSHIMATSU NIKI, 99 anos

SULINA ANTONIA DA SILVA, 82 anos

JOSE BECEL, 80 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41