Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pastor é suspeito de matar duas mulheres a pedradas na Bahia

Loading...

GERAL

Pastor é suspeito de matar duas mulheres a pedradas na Bahia

MÁRIO BITTENCOURT
VITÓRIA DA CONQUISTA, BA (FOLHAPRESS) - O pastor evangélico Edmar dos Santos Brito está sendo procurado pela polícia da Bahia sob suspeita de ter matado duas mulheres a golpes de pedra na noite desta terça-feira (19), em Vitória da Conquista, sudoeste do Estado.
As vítimas são a pastora Marcilene Oliveira Sampaio, 38, e a prima dela, Ana Cristina Santos Sampaio, 37, que é de São Paulo e estava na Bahia para um casamento. Marcilene era professora universitária no campus da Uneb (Universidade Estadual da Bahia) de Brumado, cidade vizinha a Vitória da Conquista, e bastante conhecida no meio acadêmico.
O duplo homicídio ocorreu por motivo de vingança contra a pastora, segundo informou o delegado Marcus Vinícius de Morais, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (20).
Marcilene e o marido dela, o também pastor Carlos Eduardo de Souza, 50, estavam à frente de uma igreja junto com Edmar, mas acabaram saindo e abrindo outro templo religioso, levando com eles vários fiéis.
Por causa disso, o casal de pastores e Edmar passaram a ter discussões constantes, mas nunca havia ocorrido ameaça de morte. Atualmente, Edmar não tinha igreja certa e fazia pregações avulsas, pelas quais cobrava. Ele era muito conhecido no sudoeste da Bahia, de acordo com a polícia.
O crime ocorreu por volta das 23h, quando Carlos Eduardo, Marcilene e Ana Cristina seguiam para casa, depois de terem participado de um culto evangélico. O casal, que morava num sítio próximo a Vitória da Conquista, foi perseguido, segundo a polícia, por Edmar e mais dois comparsas, o ex-pastor Fábio de Jesus Santos, 34, e Adriano Silva dos Santos, 36, que atuava de forma ilegal como segurança.
"O plano deles era seguir Carlos Eduardo e Marcilene até em casa e matá-los", contou o delegado.
Na volta para casa, a picape L200 de Carlos Eduardo teve um problema. O pastor parou na estrada, momento em que os ocupantes do veículo foram abordados por Edmar e os comparsas.
O pastor Carlos Eduardo foi colocado no veículo usado pelo trio, um Versa, e as mulheres foram mortas a golpes de pedra dados por Edmar, segundo relataram Fábio e Adriano em depoimento à polícia e em entrevista à imprensa.
FUGA
Após as mulheres serem mortas, o pastor Edmar e Fábio entraram no veículo usado no crime junto com Carlos Eduardo, que passou a sofrer uma série de espancamentos. O rosto da vítima ficou ensanguentado.
Os criminosos seguiam com ele de volta para Vitória da Conquista, quando a vítima tomou o volante e provocou um acidente com outro carro, que trafegava na direção oposta. Edmar aproveitou para fugir. Fábio também deixou o local, mas foi localizado pela polícia momentos depois.
Carlos Eduardo procurou ajuda com as pessoas que estavam no outro carro. Ele recebeu atendimentos médico e já está em casa.
Já Adriano, o outro comparsa, seguiu com a picape para uma área rural para tentar esconder o veículo. Ele foi preso na manhã desta quarta-feira, e a picape, recuperada.
A polícia informou que já possui elementos para pedir a prisão preventiva de Edmar, que não possui advogado constituído, assim como Adriano e Fábio.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 04/12

ONOFRE CIUFFI, 78 anos
TEREZINHA ARAUJO SOARES, 69 anos
ANGELINA MENEO PALUSSIO, 91 anos 
DIONISIO REMES, 60 anos
NATIMORTO, 0 anos
LINDOLFO HEINZ, 72 anos

APUCARANA 03/12

ALTAIR RAIMUNDO DE SOUZA, 46 anos
AMADEU FERNANDES, 58 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41