Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Número de cidades com epidemia de dengue aumenta 322%

Loading...

GERAL

Número de cidades com epidemia de dengue aumenta 322%

NATÁLIA CANCIAN
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em um novo avanço da dengue, 135 cidades brasileiras iniciaram o ano em situação de epidemia, um cenário que costuma ser esperado apenas para os meses de abril e maio.
Os dados são de levantamento feito pelo Ministério da Saúde, a pedido da reportagem.
O levantamento considera os municípios que, apenas em dezembro, mês dos dados mais recentes disponíveis, tinham "alta" proporção de casos da doença.
Isso significa que esses municípios tinham mais de 300 casos a cada 100 mil habitantes, patamar utilizado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) para o quadro de epidemia.
Para comparação, apenas 32 municípios estavam nesse mesmo cenário no mesmo período de 2014 - um aumento de 322%.
O Sudeste concentra quase metade dos municípios com maior incidência de dengue neste último mês, ou 60 ao todo. Em seguida, vem o Centro-Oeste, com 32, e Nordeste, com 29.
NOS ESTADOS
A situação de alerta para a dengue, porém, não fica restrita a esses locais. Após registrar auge em abril, a doença, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, voltou a ganhar impulso nos últimos três meses.
Neste período, 21 Estados tiveram aumento de casos de dengue, segundo os dados do Ministério da Saúde.
Antes, esse período era considerado "de calmaria", relata Gilsa Rodrigues, gerente de Vigilância em Saúde do Espírito Santo. Em dezembro, o Estado registrou o maior número de casos de dengue de 2015.
"Começamos a observar um aumento estranho para o Estado", diz. "Esses mesmos períodos eram diferentes se comparados a anos anteriores."
O aumento da dengue também acende o alerta para um outro vírus, transmitido pelo mesmo vetor.
Segundo a gerente, o Estado analisa junto aos municípios a possibilidade de que parte dos casos não sejam realmente de dengue.
"[O aumento] coincidiu com o período em que tivemos confirmado laboratorialmente casos de zika", relata. Ou seja: "Muitos desses casos podem estar na conta de dengue e serem de vírus zika", afirma.
No Estado de São Paulo, pelo menos uma em cada dez cidades paulistas já vive epidemia de dengue, três meses antes do período de pico da doença, registrado historicamente em abril, segundo informações do "Estadão".
O quadro considera o número de casos notificados de outubro a dezembro de 2015. Sessenta e sete dos 645 municípios do Estado já registram, na temporada iniciada no último trimestre de 2015, taxa de incidência da doença acima de 300 casos por 100 mil habitantes, de acordo com estatísticas divulgadas na segunda-feira (18) no site do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual da Saúde divulgadas pela publicação.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MAUÁ DA SERRA 09/12

CLAUDENIR COELHO SOARES, 35 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60