Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Maior parte das nações detentoras de armas nucleares se encontra vulnerável a ataques cibernéticos, aponta ONG

Loading...

CIBERSEGURANÇA

Maior parte das nações detentoras de armas nucleares se encontra vulnerável a ataques cibernéticos, aponta ONG

Teste nuclear feito no estado de Nevada (EUA), em 1957 Fonte: flickr.com/International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

A Nuclear Threat Iniciative (NTI), organização fundada em 2001, analisou a cibersegurança dos principais detentores de armas atômicas e de mais 152 outros países com menor armamento nuclear.

"Aproximadamente a metade dos países avaliados não tem qualquer condição de proteger suas instalações nucleares contra ciberataques. E apenas nove dos 24 países com armas utilizáveis com material nuclear receberam pontuação máxima em segurança cibernética", aponta o documento. Figuram entre os países com nota máxima: Rússia, Estados Unidos, Canadá, Bielorrússia, França e Reino Unido.

De acordo com a ONG, um ataque virtual feito aos sistemas militares de certas nações poderia resultar em consequências trágicas para o mundo inteiro.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41