Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Chanceler iraniano diz que país cumpriu metas de acordo nuclear

Loading...

GERAL

Chanceler iraniano diz que país cumpriu metas de acordo nuclear

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O chanceler iraniano, Javad Zarif, chegou otimista neste sábado (16) em Viena, na Áustria, para uma rodada decisiva do diálogo com potências ocidentais sobre o programa nuclear do Irã.
Zarif afirmou que Teerã cumpriu sua parte no acordo para reduzir a extensão de seu programa nuclear e espera que a AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) reconheça o feito e leve à derrubada das sanções internacionais ao país ainda neste sábado (15).
As sanções impostas por ONU, EUA e União Europeia isolaram o país de 80 milhões de habitantes do sistema financeiro global, reduziram drasticamente as suas exportações de petróleo, além de outras punições econômicas.
Representantes de todas as partes se reúnem neste sábado em Viena para analisar o Plano Integral de Ação Conjunta. Ao fim do encontro, a AIEA deve divulgar um comunicado sobre o cumprimento das exigências feitas ao Irã.
A expectativa de Teerã é que a maioria das sanções seja retirada imediatamente após a publicação do relatório.
"Hoje, com a divulgação do relatório do chefe da AIEA, o acordo nuclear será implementado, após o qual um comunicado conjunto será feito para anunciar o começo do acordo", disse Zarif, citado pela agência estatal iraniana Irna. "Hoje é um bom dia para o povo iraniano já que as sanções serão retiradas hoje."
Zarif afirmou ainda que os problemas podem ser resolvidos com diálogo e não com ameaças, pressão e sanções.
Ele se encontra neste sábado com o secretário de Estado americano, John Kerry, a chefe de Política Externa da UE, Federica Mogherini, e o chefe da AIEA, Yukiya Amano. Mogherini tuitou uma foto do encontro com Zarif e a legenda "dia da implementação".
O acordo nuclear foi firmado em julho passado e sua conclusão marca uma virada na relação dos EUA com o Irã. Sob seus termos, Teerã concordou em limitar o seu programa nuclear para que não tenha capacidade de construir armas nucleares.
Embora o Irã sempre tenha negado ter interesse em desenvolver um arsenal atômico, o Ocidente suspeita que esse era o objetivo de seu programa nuclear, iniciado em 2006, e impunha sanções econômicas e militares severas sobre o país.
Acordo nuclear com o Irã
Mesmo antes do documento sair, a agência iraniana Mehr informou que executivos de duas das maiores companhias de petróleo do mundo, Shell e Total, chegaram em Teerã para conversar com representantes da companhia estatal iraniana de petróleo.
Quando as sanções forem retiradas, o Irã planeja aumentar suas exportações de petróleo para 500 mil barris por dia em poucas semanas e 1 milhão diários dentro de um ano.
A expectativa do retorno do Irã ao mercado foi um dos fatores que contribuiu para a queda do preço do barril neste semana para abaixo de US$ 30 pela primeira vez em 12 anos.
Irã

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 08/12

ÂNGELO RODRIGUES, 70 anos

CALIFÓRNIA
ENACIR MARIA CARDOSO, 53 anos

JANDAIA DO SUL 08/12

MARIA DO ROSARIO DE SOUZA BORGES, 50 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60