Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Governo vai distribuir teste rápido de zika; vacina pode levar até 10 anos

Loading...

GERAL

Governo vai distribuir teste rápido de zika; vacina pode levar até 10 anos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse nesta sexta-feira (15) que o governo federal irá distribuir a partir de fevereiro um teste rápido na rede pública que permite saber na hora, a partir de uma amostra de sangue, se o paciente tem dengue, chikungunya ou zika.
O teste rápido, inédito no país, foi desenvolvido pelo instituto Bio-Manguinhos, ligado à Fiocruz. Castro não disse quantos testes serão distribuídos nem quem os receberá - se Estados, municípios ou rede básica. Tanto dengue como chikungunya e zika são transmitidos pela picada do mosquito Aedes Aegypti.
O número de casos notificados de dengue no país chegou a 1,6 milhão em todo o ano de 2015, período em que o país registrou uma das piores epidemias da doença, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.
DENGUE NO BRASIL
o ministro, que visitou o Instituto Butantan na tarde desta sexta, afirmou que a solução para combater a epidemia de zika é "queimar etapas" para produzir a vacina contra a doença em "um ou dois anos". O Instituto Butantan desenvolverá a vacina.
Mas o diretor do instituto, Jorge Kalil, foi mais cauteloso: ele disse que vacinas costumam levar entre dez a 12 anos para serem desenvolvidas. No caso específico da imunização contra o zika, Kalil estimou um prazo entre três e cinco anos - ou seja, a partir de 2019. Os primeiros testes podem começar já dentro de um ano.
O ministério ainda não decidiu se comprará a vacina contra a dengue feita pelo laboratório francês Sanofis. Marcelo Castro disse apostar na vacina feita pelo Butantan, que ele estima estar disponível em 2018. Serão feitos testes com 17 mil voluntários em 13 cidades. A vacina da Sanofis foi aprovada pela Anvisa em dezembro.
A Prefeitura de São Paulo instalou em abril de 2015 quatro máquinas de exame rápido de sangue na zona norte. A intenção foi evitar o agravamento do diagnóstico de pacientes com dengue ou suspeita na região que concentrava 47,5% dos casos confirmados na cidade.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MAUÁ DA SERRA 09/12

CLAUDENIR COELHO SOARES, 35 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60