Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Explosões e tiroteio deixam ao menos sete mortos na capital da Indonésia

Loading...

GERAL

Explosões e tiroteio deixam ao menos sete mortos na capital da Indonésia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma série de explosões e tiroteios nesta quinta-feira (14) no centro de Jacarta, capital da Indonésia, deixou ao menos sete pessoas mortas -entre elas cinco agressores-, afirmou o ministro da Segurança, Luhut Panjaitan.
O presidente do país, Joko Widodo, chamou os ataques de "atos terroristas", que tiveram como alvo sobretudo um posto da polícia e um café da rede Starbucks situado em um centro comercial próximo ao palácio presidencial e a um escritório da ONU.
A polícia informou que o ataque foi cometido por entre 10 e 14 homens armados e que dois deles teriam se explodido e outros dois foram mortos pelas forças de segurança.
A ação começou pouco depois das 10h30 (1h30 de Brasília), afirmou Ruli Koestaman, de 32 anos, que estava perto do local.
Explosão perto de café
"Escutei uma forte explosão, como um terremoto, e todos seguimos para a rua. Vimos que o Starbucks do lado havia sido destruído. Vi um estrangeiro, um ocidental, com a mão mutilada, mas vivo", disse.
"Uma dos funcionários do Starbucks saiu correndo. Ele sangrava pelas orelhas. Todos se reuniram e um terrorista chegou e começou a atirar na nossa direção e contra o Starbucks."
O presidente indonésio pediu aos compatriotas que não se deixem vencer pelo medo. "Não seremos vencidos por estes atos terroristas", declarou Widodo ao canal Metro TV.
A rede Starbucks anunciou o fechamento "até nova ordem" de todos os cafés em Jacarta.
"Esta unidade e todos os outros Starbucks de Jacarta permanecerão fechados, por precaução, até novo aviso. Acompanhamos de perto a situação", anunciou o grupo em um comunicado divulgado em sua sede em Seattle, Estados Unidos.
A polícia indonésia estava em alerta máximo durante as festas de Ano Novo, após o anúncio do plano de atentado suicida em Jacarta.
Em dezembro, a polícia prendeu cinco pessoas suspeitas de integrar uma rede próxima ao Estado Islâmico e outras quatro vinculadas ao grupo extremista Jemaah Islamiyah, responsável por vários atentados na Indonésia.
As forças de segurança apreenderam material para a fabricação de explosivos e uma bandeira inspirada no EI.
O país tem a maior população muçulmana do mundo, 88% de seus 250 milhões de habitantes, e já foi alvo de vários ataques de islamitas radicais.
O maior deles foi em 2002, na ilha turística de Bali, quando 202 pessoas morreram, em sua maioria turistas australianos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MAUÁ DA SERRA 09/12

CLAUDENIR COELHO SOARES, 35 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60