Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Polícia Federal indicia executivos da Samarco por tragédia em Mariana

Loading...

GERAL

Polícia Federal indicia executivos da Samarco por tragédia em Mariana

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - As mineradoras Vale e Samarco foram indiciadas pela Polícia Federal em Minas Gerais no processo que apura crimes ambientais no rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, que deixou 19 mortos e um tsunami de lama até o Espírito Santo. A PF também indiciou o diretor-presidente da Samarco, Ricardo Vescovi.
Ainda foram incluídas a VogBR, empresa que fez a avaliação de estabilidade e segurança de Fundão nos últimos três anos, e mais seis pessoas.
Entre os indiciados estão o coordenador de monitoramento das barragens, a gerente de geotecnia, o responsável técnico pela barragem de Fundão e o gerente geral de operações da Samarco, além do engenheiro responsável pela declaração de estabilidade da represa em 2015, da VogBR. A polícia não divulgou os nomes.
O indiciamento foi feito por condutas previstas no artigo 54 da lei de crimes ambientais, que fala sobre "causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora".
Também são citados incisos da lei que falam sobre tornar áreas impróprias para ocupação humana, poluir a água que abastece comunidade e dificultar ou impedir o uso público de praias.
Segundo a PF, as investigações continuam e ainda podem ocorrer novos indiciamentos, conforme o que for apurado no inquérito policial.
Em nota, a Samarco disse que "não concorda com o indiciamento de seus profissionais porque até o presente momento não há uma conclusão pericial técnica das causas do acidente".
A Vale diz que "recebeu com surpresa a notícia". "O indiciamento reflete um entendimento pessoal do delegado e ocorre em um momento em que as reais causas do acidente ainda não foram tecnicamente atestadas e são, portanto, desconhecidas", diz a mineradora.
"Além disso, as suposições da Polícia Federal sobre uma teórica responsabilidade da Vale baseiam-se em premissas que não têm efetivo nexo de causalidade com o acidente, conforme será oportuna e tecnicamente demonstrado pela Vale", acrescenta.
A reportagem não conseguiu localizar representantes da VogBR.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO ·