Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Explosão em área turística de Istambul deixa ao menos 10 mortos e 15 feridos

Loading...

GERAL

Explosão em área turística de Istambul deixa ao menos 10 mortos e 15 feridos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um aparente atentado suicida no bairro turístico de Sultanahmet, em Istambul, deixou ao menos dez mortos e 15 feridos na manhã desta terça-feira (12), de acordo com o governo local.
Uma forte explosão pôde ser ouvida em vários bairros da cidade pouco depois das 10h locais (6h em Brasília). A polícia isolou a área para evitar que uma possível segunda explosão deixasse mais feridos.
O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que um homem-bomba de nacionalidade síria parece estar por trás da explosão.
Em seu pronunciamento, Erdogan também disse que há estrangeiros e cidadãos turcos dentre os mortos.
Segundo a Dogan, agência de notícias turca, dentre os feridos há ao menos oito estrangeiros, sendo seis alemães, um norueguês e um peruano. A chancelaria da Coreia do Sul disse a jornalistas por mensagem de texto que um cidadão do país teve um ferimento no dedo.
Após a explosão, a Alemanha publicou no site de sua chancelaria um comunicado orientando os cidadãos do país que estão em Istambul a evitar multidões e atrações turísticas, dizendo que mais confrontos violentos e "ataques terroristas" podem acontecer na Turquia.
O Consulado-Geral do Brasil em Istambul orientou cidadãos brasileiros a "evitar a região de Sultanahmet", e disponibilizou um telefone de contato para casos de emergência. O número é +90 554 834 5952.
Duas altas autoridades de segurança da Turquia disseram em condição de anonimato à agência de notícias Reuters que há uma grande probabilidade que militantes da facção radical Estado Islâmico (EI) estejam por trás da explosão desta terça-feira.
Sultanahmet é a região de alguns dos principais cartões postais de Istambul, como a basílica de Santa Sofia e a Mesquita Azul.
O premiê turco, Ahmet Davutoglu, convocou uma reunião de emergência com ministros.
Erdem Koroglu, que trabalhava na região no momento da explosão, disse ao canal NTV ter visto várias pessoas caídas no chão. "Era difícil dizer quem estava vivo ou morto", disse Koroglu. "Prédios balançaram com a força da explosão."
HISTÓRICO DE ATAQUES
A Turquia, aliada do Ocidente no Oriente Médio, foi alvo de dois grandes atentados no ano passado.
Um atentado da milícia radical Estado Islâmico (EI) em Suruç, perto da fronteira com a Síria, em julho, deixou ao menos 30 mortos.
Em outubro, duas grandes explosões mataram mais de cem pessoas durante uma manifestação no centro da capital, Ancara, no maior atentado da história do país.
Em 2015, também cresceu a tensão entre as forças do governo turco e milícias separatistas curdas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MAUÁ DA SERRA 09/12

CLAUDENIR COELHO SOARES, 35 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60