Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Uruguaiana vai emprestar containers para atingidos pelas enchentes no Sul

Loading...

GERAL

Uruguaiana vai emprestar containers para atingidos pelas enchentes no Sul

EVERALDO JACQUES
URUGUAIANA, RS (FOLHAPRESS) - Cidade localizada na fronteira oeste do Rio Grande do Sul e uma das mais atingidas no país pelas enchentes do final do ano passado, Uruguaiana vai distribuir neste mês de janeiro containers para os moradores da zona ribeirinha do município.
A prefeitura comprou dez containers -ao custo de R$ 15 mil cada-, mas a intenção é chegar a cem até o final deste ano. Levantamento da Secretaria de Habitação aponta que cerca de 7.000 pessoas vivem na beira do rio Uruguai ou em habitações precárias.
Em Uruguaiana, cerca de 6.000 moradores da cidade, que tem perto de 130 mil habitantes, tiveram de deixar suas casas após o rio Uruguai subir 10,82 metros acima de seu nível normal em dezembro.
As enchentes no Sul do país deixaram ao menos 25 cidades em situação de emergência. O problema afetou também os vizinhos Paraguai, Argentina e Uruguai. Autoridades paraguaias classificaram a enchente atual como a pior desde 1983.
Em Nanawa, cidade a 50 km de Assunção que ficou praticamente toda coberta pela água, a inundação começou em novembro e foi intensificada pelo fenômeno El Niño, que atinge o Cone Sul.
Os containers de Uruguaiana têm 13,7 m² (6 m por 2,28 m) e são equipados de banheiro, cozinha com pia e fogão acoplados, mesa para três lugares e quarto. A temperatura média, tanto no inverno quanto no verão, é de 25º C.
Os containers serão destinados aos que vivem próximos ao leito do rio e que se recusam a deixar o local.
"Aqui ganho meu sustento e não quero deixar esse lugar, mesmo com o prejuízo de perder meu patrimônio com a enchente", diz o pescador Pedro Gonçalves, 74, que espera ser um dos escolhidos para receber o container ou uma nova casa.
MORADIAS PROVISÓRIAS
Diferentemente dos programas habitacionais convencionais, a prefeitura irá ceder os containers por tempo indeterminado.
Segundo o secretário municipal de Habitação, Rogério de Moraes, a prefeitura vai emprestar as moradias até que sejam construídas as casas com recursos do "Minha Casa, Minha Vida". Um projeto prevê a construção de 966 imóveis em um conjunto habitacional.
Os moradores que forem selecionados pelo programa dos containers serão remanejadas para outro ponto do município. Se forem proprietárias dos terrenos, terão as casas móveis instaladas naquele ponto. As antigas moradias serão demolidas.
As primeiras unidades deverão ser entregues até meados de janeiro. "Em razão da enchente, aconteceu um atraso na entrega, pois não condições de se instalar a base para a recepção da estrutura", lamenta Moraes.
Outras dez unidades já foram adquiridas e deverão ser entregues ainda em janeiro.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 08/12

ÂNGELO RODRIGUES, 70 anos

CALIFÓRNIA
ENACIR MARIA CARDOSO, 53 anos

JANDAIA DO SUL 08/12

MARIA DO ROSARIO DE SOUZA BORGES, 50 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60