Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Justiça manda soltar policial militar que matou camelô em blitz na Lapa

Loading...

Justiça manda soltar policial militar que matou camelô em blitz na Lapa

GIBA BERGAMIM JR.
SÃO PAULO, SP - A Justiça mandou soltar o policial militar preso na última quinta-feira (18) acusado de matar um camelô durante uma blitz na Lapa, zona oeste paulistana.
Imagens gravadas por testemunhas mostram o momento em que o soldado Henrique Dias Bueno de Araújo dispara sua pistola.40 com a mão direita, depois que o ambulante Carlos Augusto Muniz Braga tenta arrancar um spray de pimenta que estava na mão esquerda do PM. O tiro atingiu a cabeça de Braga, que conseguiu correr alguns metros antes de cair.
O ambulante foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos --segundo a polícia, ele chegou sem vida ao hospital.
O PM foi preso em flagrante por homicídio e levado ao presídio militar Romão Gomes no mesmo dia.
Porém, na noite de sexta (19), a Justiça emitiu um alvará de soltura em favor de Araújo.
Em depoimento à polícia, ele disse que o disparo foi acidental.
CRIME EM ABRIL
Araújo já responde a um outro caso de homicídio.
Ele atirou contra um morador de rua, há seis meses, também durante uma abordagem policial, quando tentou abordar um homem que empurrava um carrinho de ferro-velho pela rua.
Segundo a PM, o morador de rua teria se negado a parar e usado um facão para ameaçar Araújo e outro soldado que o acompanhava.
Araújo teria atirado duas vezes nas pernas do homem, que continuou a ir na direção dos policiais.
O soldado então atirou no tórax do homem, que morreu. A vítima não foi identificada até hoje.
 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias