Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Luan comemora convocação e minimiza interesse do Spartak Moscou

Loading...

ESPORTES

Luan comemora convocação e minimiza interesse do Spartak Moscou

MARINHO SALDANHA

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Luan foi convocado para seleção brasileira principal pela primeira vez. Com 24 anos, o jogador está envolvido em negociação para o Spartak Moscou, da Rússia. Sem definir seu futuro, o jogador não pareceu empolgado com a possibilidade de atuar no futebol russo.

"Acho que aqui eu estaria com ritmo e mais chance de ser convocado. Não chegou nada até mim e só depois disso vou sentar para ver o que é melhor. O presidente deu uma entrevista falando em tom de despedida, e eu falei 'já quer me tirar do Grêmio contra minha vontade?'. Vou evitar falar disso", revelou.

"Sou jogador do Grêmio, não tenho outra resposta. Por enquanto sou jogador do Grêmio", disse. "Independentemente do futebol e das escolas diferentes, não estou preocupado com isso. Só estou preocupado com Grêmio e nosso próximo jogo", completou.

O Spartak Moscou foi quem mais demonstrou interesse pelo jogador nas últimas semanas. Os russos estão dispostos a pagar 24 milhões de euros (cerca de R$ 88 milhões) para levar Luan imediatamente. Enquanto a Sampdoria, da Itália, quer dar 20 milhões de euros (cerca de 74 milhões) e levar o atleta apenas em janeiro.

"No começo, eu sonhava em ser jogador. Agora, tenho vontade de jogar na Europa. Todo jogador quer isso. Mas meu pensamento é no Grêmio. Estou feliz com outro sonho realizado, que era ser convocado pela seleção. Quero viver minha fase e aproveitar isso", acrescentou.

A direção do Grêmio não esconde a negociação. Mas Luan acredita que não é o momento de ser definitivo. Após uma série de reuniões, só irá comunicar seu futuro no momento adequado. "Por enquanto, não chegou nada para mim. O Grêmio não me procurou. Na minha cabeça não tem nada", referiu.

"Ninguém ouviu o meu lado. Não estou sabendo, não tem o que falar. Quero viver este momento. Não é só minha convocação, mas dos meus companheiros que me ajudaram, e quero viver essa alegria. Não quero nem falar muito sobre isso. Se eu for ficar ou sair, acho que vou falar no momento certo", acrescentou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias