Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Egídio bateu pênalti após recusa de outros por falta de confiança, diz Cuca

Loading...

ESPORTES

Egídio bateu pênalti após recusa de outros por falta de confiança, diz Cuca

DANILO LAVIERI

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Muito xingado pela torcida antes mesmo de desperdiçar o pênalti que decretou a eliminação do Palmeiras na Libertadores, contra o Barcelona-EQU, Egídio foi o centro das críticas na noite desta quarta-feira (9) no Allianz Parque. Cuca admitiu que o lateral sempre esteve pressionado, mas explicou que a escolha foi feita por causa da falta de confiança de outros atletas.

Logo após o jogo acabar, a torcida passou a xingar o jogador. Os líderes do elenco se aproximaram da organizada e pediram para que a hostilidade fosse encerrada. Não adiantou.

"Ele não foi colocado entre os primeiros para bater. E temos que respeitar a natureza dos fatos. Tínhamos jogadores que não estavam confiantes para bater. E isso acontece. Você chega no jogador e ele fala que está sem confiança. Tem que respeitar. E dentro disso o Egídio foi o sexto a bater", explicou.

Logo depois, o técnico repetiu o discurso que tem adotado nos últimos dias antes de enfrentar o Barcelona-EQU. Ele praticamente entrou em campanha pedindo respeito e apoio ao lateral esquerdo.

"Do Egídio estou cansado de falar que ele é o melhor lateral que temos. O pessoal pega no pé dele. Às vezes dá um motivo ou outro, mas ele é um menino bom, com personalidade. Ele fez um bom jogo. Acontece. Foi lá e bateu o pênalti e errou", completou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias