Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sem multa, contrato de Neymar veta saída sem aval do PSG

Loading...

ESPORTES

Sem multa, contrato de Neymar veta saída sem aval do PSG

ALEX SABINO, ENVIADO ESPECIAL

PARIS, FRANÇA (FOLHAPRESS) - Neymar deu aval a um contrato com o Paris Saint-Germain que não tem multa rescisória. Isso significa que ele só poderá trocar de equipe se o time francês concordar com a transferência ou quando acabar a validade de cinco anos do documento assinado na noite de quinta-feira (3).

Para contratá-lo do Barcelona, o PSG pagou 222 milhões de euros (R$ 814 milhões), na maior transação da história do futebol mundial.

A Liga Francesa de Futebol proíbe que seu filiados estabeleçam multas para rompimento do contrato de atletas.

"Nós temos sorte que não existe essa cláusula porque a legislação não permite. Não há [multa rescisória]", disse o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi ao site ESPN FC.

"A transferência só é possível se houver um acordo [entre os clubes e o atleta]. Não há outra saída", afirmou o advogado Marcos Motta, especialista em legislação esportiva e um dos consultores da transação de Neymar.

Se cumprir os cinco anos de contrato, o atacante brasileiro receberá até 2022, apenas com salários, 150 milhões de euros (R$ 550,36 milhões), sem contar os patrocínios pessoais. O compromisso do jogador com o PSG também envolve acordos de marketing com a Oryx Qatar Sports Investments, empresa que é dona do clube.

"Essas pessoas [que falam que a decisão de ir para o PSG foi financeira] não sabem nada da minha vida. Dinheiro nunca foi a primeira coisa que pensei. Se fosse por dinheiro, estaria em outros lugares. Lamento por essas pessoas", afirmou Neymar.

A imposição da Liga Francesa que não permite que se estabeleça multas rescisórias foi fundamental para o clube francês conseguir manter o volante italiano Marco Verratti, sonho de consumo do Barcelona para a temporada. O jogador aceitou a transferência para a Catalunha, mas o Paris Saint-Germain não.

Durante as negociações com o brasileiro, os dirigentes do clube francês prometeram que o atacante teria uma equipe forte ao seu lado. A permanência de Verratti foi citada como um fator que comprovava a disposição do PSG em ter um time competitivo na temporada 2017-2018.

SUCESSO DE VENDAS

Nesta quinta, lojas oficiais do clube esgotaram modelos de camisa do time com o nome do novo contratado. Segundo o PSG, 500 mil uniformes foram vendidos pela internet em menos de 12 horas. Os preços variavam entre 140 e 165 euros (R$ 513 a R$ 605) dependendo do modelo.

Com a popularidade do jogador e o chamariz que ele será para o Campeonato Francês, as vendas dos direitos de transmissão para os jogos no exterior podem aumentar. Quem lucraria com isso seria a beIN Sports, rede de televisão do Qatar que pertence à Oryx Qatar Sports Investments, dona do PSG.

"Hoje pode parecer caro. Mas daqui a dois anos, todos vão ver que Neymar foi barato. Ele hoje já é o melhor jogador do mundo", afirmou Nasser Al-Khelaifi, ao anunciar o brasileiro.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias