Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Acordo vai liberar bandeiras, faixas e instrumentos musicais de organizadas em SP

Loading...

ESPORTES

Acordo vai liberar bandeiras, faixas e instrumentos musicais de organizadas em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No próximo dia 1º, as principais torcidas organizadas vão assinar um termo de compromisso no 2º Batalhão de Choque da capital. A partir daí, estarão liberados nos estádios de São Paulo os instrumentos musicais, bandeirões e faixas, proibidas desde o ano passado em um pacote de medidas para diminuir a violência relacionado ao futebol.

"No último ano, tivemos um índice de redução de violência que foi fantástico. As torcidas tiveram um exemplo de comportamento. A Gaviões [da Fiel], por exemplo, parou de acender sinalizadores e afrontar a polícia. Foi uma demonstração de que eles captaram a mensagem. Por isso vamos ter esse voto de confiança", disse à reportagem o promotor Paulo Castilho, do Ministério Público.

Os clássicos em São Paulo continuarão com torcida única. Segundo o promotor, esta foi uma medida que propiciou a diminuição nos casos violentos nos estádios.

As decisões foram alinhavadas em reunião realizada nesta segunda (24), na Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. Estiveram presentes representantes do Ministério Público, Federação Paulista, Polícia Militar, secretaria do Estado e dirigentes de Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos.

As medidas restritivas estavam em vigor desde abril do ano passado, quando brigas antes e após clássico entre Corinthians e Palmeiras resultaram em uma morte e 56 integrantes de organizadas presos. Neste mês, o palmeirense Leandro de Paula foi morto a facada por corintianos após confronto entre as duas equipes. O crime aconteceu em uma briga a cerca de dois quilômetros do Allianz Parque e começou em uma discussão no trânsito. Castilho não considera que o episódio esteja relacionado à violência no futebol.

Segundo ele, as organizadas vão se comprometer a manter o bom comportamento nos estádios, caso contrário novas sanções podem ser impostas.

"Todos vão assinar o compromisso. Que elas entendem que o importante é a festa", completou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias