Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Grêmio tira invencibilidade do Flamengo na Ilha do Urubu e toma vice-liderança

Loading...

ESPORTES

Grêmio tira invencibilidade do Flamengo na Ilha do Urubu e toma vice-liderança

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo tinha 100% de aproveitamento na Ilha do Urubu. Desde a reforma do estádio, o time rubro-negro venceu os quatro jogos disputados ali, com 11 gols marcados e só um sofrido. Até encontrar o Grêmio. Nesta quinta-feira (13), o time gaúcho contou com gol de Luan para fazer 1 a 0 e assumir a vice-liderança do Campeonato Brasileiro.

Um drible que tirou dois jogadores do lance, um chute rasteiro que parou na rede. Assim, Luan construiu o gol gremista ainda no primeiro tempo. Depois, o Flamengo foi para cima, e a partida ganhou emoção. Com tensão e chances dos dois lados, nada impediu a conquista dos três pontos da equipe gaúcha.

Com 25 pontos, o Grêmio está atrás apenas do Corinthians na classificação. São 10 pontos de distância para o líder. Na próxima rodada o time tricolor encara a Ponte Preta, no domingo. Já o Flamengo para com 23, é quarto colocado e visita o Cruzeiro na próxima rodada, também domingo.

A partida entre Flamengo e Grêmio era monótona até os 25min do primeiro tempo. Nenhum dos times tinha criado oportunidade de abrir o placar. Eram muitos erros de passe e criações que esbarravam em boas posturas defensivas das duas partes.

O setor ofensivo rubro-negro foi contido pelo tricolor, recuado, e explorando o contra-ataque. Até que o brilho individual tirou o zero do placar. Luan se livrou de dois marcadores em com um drible, tentou tocar para Ramiro, mas a zaga afastou. Ao ver a bola voltando ele bateu e fez 1 a 0.

Depois do gol do Grêmio, monótono é um adjetivo que saiu totalmente da pauta da partida. O Flamengo foi para cima e teve ao menos duas chances de gol. Everton Ribeiro e Cuéllar obrigaram o goleiro Léo a difíceis defesas.

Leandro Damião colocou para fora de cabeça um lance que poderia acabar com Diego, que esperava por trás do centroavante e teria melhor condição de marcar. Everton acertou a trave. Não houve gol, mas muitas faltas, e o placar magro persistiu até o intervalo.

Na etapa final, o Flamengo se atirou para o ataque a partir dos 15 minutos, com a entrada de Geuvânio no lugar de Márcio Araújo.

Depois, vieram Mancuello e Felipe Vizeu nos lugares de Trauco e Cuéllar. Depois das trocas do técnico Zé Ricardo, a equipe carioca passou a empilhar chances de gol, mas parou no goleiro Léo. Teve pouca sorte. E o Grêmio poderia ter matado a partida ao menos duas vezes, quando desperdiçou contra-ataques. O jogo ganhou em tensão até os momentos finais, com o time gaúcho segurando o triunfo.

Com o resultado, o Grêmio acabou com uma sequência ruim no Brasileiro. A equipe de Renato Gaúcho vinha de três derrotas (Corinthians, Palmeiras e Avaí). Já o Flamengo perdeu a chance de conquistar o quinto triunfo seguido.

FLAMENGO

Thiago; Rodinei, Réver, Rafael Vaz, Trauco (Vizeu); Márcio Araújo (Geuvânio), Cuellár (Mancuello), Diego; Everton Ribeiro, Everton, Leandro Damião. T.: Zé Ricardo

GRÊMIO

Léo; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann, Bruno Cortez; Michel, Arthur (Jaílson), Ramiro, Luan (Thyere), Fernandinho; Lucas Barrios (Everton). T.: Renato Gaúcho

Estádio: Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ)

Juiz: Marcelo Aparecido de Souza

Cartões amarelos: Michel, Kannemann (Grêmio); Traúco, Mancuello (Flamengo)

Gol: Luan, aos 25min do primeiro tempo

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias