Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Inter tenta resgatar 'clube do povo' com modalidade de sócios a R$ 10

Loading...

ESPORTES

Inter tenta resgatar 'clube do povo' com modalidade de sócios a R$ 10

MARINHO SALDANHA

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O Internacional foi feito pelo povo e traz o rótulo de clube popular em sua história. Só que o crescimento econômico do futebol afastou aqueles que, em sua origem, iniciaram a trajetória da camisa vermelha. De olho no resgate, a direção colorada criou uma modalidade de associação cujo valor é simbólico: R$ 10.

A ideia é reconduzir o torcedor popular ao estádio. Mas para aderir ao novo módulo, não basta querer. O aficionado tem de comprovar, por meio de documentos, algumas características que mostrem a necessidade de um plano mais barato. Uma renda familiar mensal de até dois salários mínimos é o fator principal. Além disso, é preciso ter histórico de escola pública ou ter participado de algum plano social do governo.

Dentro de aproximadamente 30 dias, o primeiro lote será aberto. Serão 2 mil associados que poderão aderir a esta modalidade. Após um primeiro período de seis meses, o resultado será avaliado e um novo lote de dois mil poderá ser aberto.

"Nosso objetivo é trazer de volta aquele torcedor que está afastado do clube, que não está indo aos jogos por questões econômicas. E o Inter tem essa história popular, nossa essência é isso", disse o vice-presidente de assuntos sociais do Inter, Norberto Guimarães, ao UOL Esporte.

O associado no plano popular pagará a mensalidade de R$ 10 e terá uma carga de ingressos destinada a ele após a venda para todos os demais planos de sócios. Restando bilhetes, como normalmente ocorre, ele comprará antes do torcedor que não é associado e pagará outros R$ 10.

O Inter, com isso, terá um crescimento mínimo na renda mensal ou anual, mas crê em colocar cada vez mais torcedores no estádio. Calculando a adesão de 2 mil torcedores, indo a dois ou três jogos no mês, a renda em 30 dias cresce R$ 80 mil e anual até R$ 970 mil.

"O ganho financeiro talvez não seja tão expressivo. Mas terá mensalidade e ingresso. Vamos fazer avaliações dos lotes. A cada seis meses avaliaremos tudo, retorno, o que precisa aprimorar, se está valendo a pena", disse Guimarães. "O importante é dizer que nenhum outro plano de associado será prejudicado. É a criação de uma nova modalidade que pode crescer paulatinamente", completou.

O local destinado aos associados do plano popular no Beira-Rio será a chamada 'zona livre', onde também ficam os demais sócios. O projeto foi aprovado na noite de segunda-feira pelo Conselho Deliberativo do clube. Agora o texto será redigido pela Comissão de Regulamento Estatutário e dentro de até 30 dias os primeiros candidatos poderão se inscrever no plano.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias