Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Flamengo empata com Avaí e mantém crise

Loading...

ESPORTES

Flamengo empata com Avaí e mantém crise

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - A crise do Flamengo não tem fim. O Rubro-negro não se reencontrou desde a vexatória eliminação na primeira fase da Copa Libertadores e apenas empatou com o Avaí neste domingo (11), em Florianópolis. O 1 a 1 teve gols de Romulo e de bicicleta de Leandro Damião, mas ficou marcado por um pênalti inexistente assinalado para os donos da casa e no qual a arbitragem recuou na decisão, o que causou muita polêmica.

O resultado deixou os cariocas com apenas sete pontos conquistados e na 14ª posição. O técnico Zé Ricardo segue ameaçado de demissão.

Os catarinenses estão na zona do rebaixamento -17º lugar, com cinco pontos. Os dois times entram em campo novamente na próxima quarta-feira (14). Às 19h30, o Avaí visita o Atlético-GO. Às 21h, o Flamengo inaugura o estádio Ilha do Urubu, em duelo contra a Ponte Preta.

JOGO

Os dois times fizeram um primeiro tempo bastante ruim no estádio da Ressacada. Nervoso com a má fase, o Flamengo errou praticamente tudo o que tentou. Mais do que equívocos, o Rubro-negro se mostrou extremamente desorganizado. O velho problema da saída de bola esteve presente, já que Márcio Araújo e Willian Arão insistiram nos passes laterais. A recomposição defensiva também apresentou dificuldades, principalmente pelo lado esquerdo, onde foi escalado Vinicius Júnior. Em uma primeira etapa sonolenta, o Avaí ainda se saiu melhor.

O Flamengo promoveu uma rápida blitz no começo da etapa complementar e por pouco não abriu o placar mesmo jogando mal. Logo no primeiro minuto, Vinicius Júnior recebeu e chutou. A bola desviou e passou rente à trave. No escanteio, novo desvio da zaga após cobrança de Mancuello e susto para os torcedores catarinenses.

Após a pressão sem resultado do Flamengo, o Avaí saiu na frente em uma desatenção da defesa rubro-negra. Juan ficou para trás, a cobertura nem sequer apareceu e Romulo tocou na saída de Thiago aos 10min. O Rubro-negro sentiu o gol, mas conseguiu o empate pouco tempo depois. Aos 15min, Diego cobrou falta, Juan escorou e Leandro Damião encaixou uma bela bicicleta na pequena área, sem chances de defesa para Koslinski.

O fim do jogo foi marcado por muita confusão. Aos 34min, o juiz Paulo Schleich Vollkopf assinalou pênalti inexistente de Everton em Diego Tavares. Depois de muita reclamação dos rubro-negros, a arbitragem recuou na marcação e levou os jogadores do Avaí à loucura. Marquinhos, que já havia sido substituído, foi expulso ao realizar o gesto de "roubo" com as mãos. O clima ficou pesado até o encerramento da partida, com um resultado péssimo para as duas equipes.

AVAÍ

Kozlinski; Leandro Silva, Betão, Alemão e Capa; Luan, Judson, Marquinhos (Pedro Castro) e Juan; Romulo e Willians Santana (Diego Tavares)

T.: Claudinei Oliveira

FLAMENGO

Thiago; Pará, Réver, Juan e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão (Mancuello) e Diego; Everton, Vinicius Júnior (Felipe Vizeu) e Leandro Damião (Ederson)

T.: Zé Ricardo Árbitro: Paulo Schleich Vollkopf (MS)

Auxiliares: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)

Cartões amarelos: Pedro Castro e Juan (Avaí); Everton (Flamengo)

Cartão vermelho: Marquinhos (Avaí)

Gols: Romulo (Avaí), aos 10min do segundo tempo; Leandro Damião (Flamengo), aos 15min do segundo tempo

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias