Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Botafogo soma 13 desfalques e se vira com jovens da base

Loading...

ESPORTES

Botafogo soma 13 desfalques e se vira com jovens da base

BERNARDO GENTILE

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Contra o Santos, o Botafogo atingiu um recorde na temporada. No total, 13 jogadores desfalcaram a equipe por conta de lesões, suspensões ou até convocação.

O técnico Jair Ventura não conta com um elenco tão recheado, e os jovens da base são a solução encontrada pelo treinador para manter a competitividade na temporada.

Somando casos antigos com situações novas, o Botafogo teve os seguintes desfalques contra o Santos: Jefferson, Gatito Fernandez, Emerson Silva, Luis Ricardo, Jonas, Marcinho, Victor Luis, Airton, Bruno Silva, Bochecha, Camilo, Guilherme e Vinicius Tanque.

Com isso, Jair Ventura relacionou 20 jogadores para a partida, sendo nove deles formado nas categorias de base. Três deles foram titulares: o zagueiro Igor Rabello, e os volantes Matheus Fernandes e Fernandes.

"Temos de usar os meninos. Há essa necessidade. O ideal é mesclar, mas o Botafogo vem de realidade financeira difícil, em 2015 estávamos disputando uma Série B, e temos um mercado muito difícil. Em 2016, a gente conseguiu a classificação para a Libertadores e hoje estamos em três competições, fica pesado. Mas não vou lamentar. Vou pedir para sair de uma das três competições? Claro que não. Vamos com jogadores da base e os que tiverem em melhor condição física. Vamos ver onde a gente chega até o fim do ano. Vamos dar nosso melhor para chegar o mais longe nas três competições", disse Jair Ventura.

"Penso o seguinte em relação às categorias de base: temos de mesclar. Temos de usar a base e os jogadores experientes. Se fosse só para usar a base, grandes clubes que têm trabalho de base maravilhoso não contratavam tantos jogadores. Não é uma fábrica de carros. Por exemplo: você quer 10 carros daquele modelo, 10 atacantes de velocidade. Hoje a gente só tem o Guilherme. Ele machucou e a gente fica sem opção. O Pachu não é da mesma função. Temos o Roger para atacante, nosso segundo atacante é o Vinícius [Tanque], que está machucado", completou o treinador do Botafogo.

O resultado contra os santistas manteve o Botafogo com sete pontos. O time alvinegro volta a campo no domingo (11), quando enfrenta Coritiba, no Estádio Nilton Santos, o Engenhão.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias