Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Veracruz, do México, faz proposta por Pratto

Loading...

ESPORTES

Veracruz, do México, faz proposta por Pratto

JOSÉ EDUARDO MARTINS, PEDRO LOPES E VICTOR MARTINS

SÃO PAULO, SP, E BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - No dia 28 de maio o Chivas Guadalajara bateu o Tigres por 2 a 1 e foi campeão do Campeonato Clausura, no México. A partida encerrou a temporada do futebol por lá, iniciando a montagem das equipes para os próximos desafios. O modesto Veracruz, campeão nacional duas vezes, a última em 1950, quer montar uma equipe forte para 2017/2018. Para isso, os "Tubarões" querem um grande nome para o ataque e elegeram Lucas Pratto como o favorito.

O presidente do clube mexicano, Fidel Kuri Mustieles, entrou em contato com o agente do jogador do São Paulo, para informar sobre o interesse no argentino. Após os primeiros contatos, Matías Loharca foi autorizado pelo mandatário do Veracruz a apresentar uma proposta de 20 milhões de euros (R$ 73 milhões) ao São Paulo, como apurou o UOL Esporte.

Sem comentar sobre valores, o agente de Lucas Pratto, Matías Loharca, confirmou a conversa com o presidente do Veracruz.

"O senhor Kuri nos contatou. Eu sei que eles observam o Lucas Pratto desde a época em que atuava pelo Vélez. Também sabe que é muito complicado, que não é fácil, mas estão dispostos a fazer um grande esforço para levar o jogador para o Veracruz. É o que eles dizem", revelou Loharca em entrevista à ESPN argentina.

O Veracruz ficou apenas na 13ª colocação no Clausura e sequer disputou a fase final do torneio. Foram 21 pontos conquistados em 17 partidas, três a menos do que o Monarcas Morelia, que foi o último classificado, na oitava colocação, com 24 pontos.

SÃO PAULO

Procurada pelo UOL Esporte, a diretoria do São Paulo informou que ainda não recebeu nenhuma proposta do Veracruz por Lucas Pratto. Contratado em fevereiro, o atacante logo caiu nas graças da torcida. Além disso, o clube do Morumbi não tem interesse em negociar seu principal atacante.

Como detém apenas 50% dos direitos do jogador, o São Paulo ficaria com metade dos 20 milhões de euros oferecidos pela equipe mexicana. Na avaliação da diretoria, além de perder uma referência, o valor não é tão atrativo, por ser pouco a mais do que os seis milhões de euros investidos na aquisição do atacante, junto ao Atlético-MG.

Detentor de 50% dos direitos de Lucas Pratto, o Atlético-MG pode pegar uma boa quantia caso o atacante seja negociado. O clube mineiro teria direito a 10 milhões de euros (R$ 36,5 milhões). Em fevereiro, quando negociou o atacante, o clube mineiro recebeu 6 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões).

Embora ainda tenha participação na venda de Lucas Pratto, o Atlético não tem poder de decisão. A definição sobre venda ou não é apenas do São Paulo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias