Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Medina dá aéreos, mas decepciona e perde na 1ª bateria em Saquarema

Loading...

ESPORTES

Medina dá aéreos, mas decepciona e perde na 1ª bateria em Saquarema

GUILHERME SETO E ADRIANO VIZONI, ENVIADOS ESPECIAIS

SAQUAREMA, RJ (FOLHARPESS) - Surfista mais badalado da nova geração brasileira, o paulista Gabriel Medina perdeu a primeira bateria da etapa de Saquarema do Circuito Mundial nesta terça-feira (9). Ele foi derrotado pelo norte-americano Nat Young, que conseguiu 13, 84 pontos contra 13,10 do brasileiro. O havaiano Ezekiel Lau ficou com 10,60 pontos.

Com a derrota, Medina terá que participar de bateria de repescagem, que pode acontecer ainda nesta terça-feira (8). O paulista conseguiu acertar dois aéreos de qualidade na parte final da bateria, mostrando que a lesão que teve no joelho na primeira etapa do ano, em Gold Coast, na Austrália, já não o incomoda tanto, como ele mesmo afirmou nesta terça-feira (8).

"Quase não senti nada da lesão, consegui fazer os aéreos. Comecei a bateria devagar e quando fui tentar recuperar já era tarde. Mas gostei das minhas últimas manobras, que me deixaram empolgado para o resto da competição. Espero ir melhor na próxima bateria. Agora é hora de corrigir os erros", disse.

Os aéreos de Medina não foram suficientes para superar as boas ondas que pegou Young. Na melhor delas, pela qual ganhou 7,67 pontos, emendou série de quatro "rasgadas" (quando o surfista vai em direção à crista da onda e muda rapidamente de direção, como se derrapasse).

A expectativa dos organizadores da competição é a de que todos as baterias da primeira fase sejam disputadas ainda nesta terça-feira (9), assim como algumas da segunda fase, a de repescagem, da qual Medina fará parte.

AUSÊNCIA

Sobre a ausência do norte-americano Kelly Slater da competição, que nesta segunda-feira (8) disse que não participaria do torneio devido a dores nas costas, Medina foi irônico.

"Ah, é [desistiu de viajar a Saquarema por dores]? É o que ele diz, né? Não sei [se é verdade], é o que ele diz. Não sei [se Slater vai aposentar]. Ele é um grande competidor, mesmo na idade dele [45 anos] está entre os melhores. Uma hora chega [a aposentadoria], tem gente que prefere continuar mais tempo, como ele, que está entre os melhores".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias