Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cássio se torna o goleiro com mais títulos como titular do Corinthians

Loading...

ESPORTES

Cássio se torna o goleiro com mais títulos como titular do Corinthians

EDUARDO RODRIGUES E LUIZ COSENZO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cássio, 29, se tornou o goleiro com mais títulos como titular da história do Corinthians neste domingo (7), após conquistar o Campeonato Paulista em final contra a Ponte Preta, no Itaquerão.

A conquista deste domingo foi a sexta do jogador contratado em 2012, depois de encerrar seu vínculo com o PSV, da Holanda. Ele deixou para trás Ronaldo Giovanelli, Dida e Gylmar dos Santos Neves -todos obtiveram cinco troféus em campeonatos oficiais relevantes pelo clube alvinegro.

O atual goleiro corintiano chegou ao clube para ser reserva de Julio César, atualmente no Santa Cruz. No entanto, as constantes falhas do titular no Estadual daquele ano fizeram Tite dar uma chance para o novato. E ele não desperdiçou.

Logo em sua primeira temporada, faturou dois dos mais importantes títulos da história do clube: a Libertadores e o Mundial de Clubes.

No torneio continental, fez uma das defesas mais emblemáticas da campanha corintiana. Contra o Vasco, pelas quartas de final, o meia Diego Souza recebeu uma bola livre, aos 18 min do primeiro tempo, no meio de campo e conduziu até ficar cara a cara com Cássio. O chute saiu no canto esquerdo do goleiro, que se esticou e com as pontas dos dedos colocou a bola para escanteio.

Se os vascaínos marcassem, o Corinthians precisaria de dois gols para se classificar. Minutos depois, Paulinho marcou e colocou o time alvinegro na semifinal.

No Mundial, se destacou mais uma vez e saiu como o melhor jogador da competição. Na final, ele foi o grande responsável por parar o ataque do Chelsea, composto por Fernando Torres e Hazard.

No ano seguinte, mais dois títulos. O primeiro foi o Campeonato Paulista, quando a equipe quebrou uma hegemonia de três anos de conquistas do Santos. Logo depois um novo clássico e uma nova vitória. Pela Recopa Sul-Americana, desbancou o São Paulo.

Seu quinto título, que o igualou a outros grandes goleiros da história do clube, foi conquistado no Campeonato Brasileiro de 2015. Naquele Nacional, o goleiro disputou 35 dos 38 jogos do Corinthians, que teve o segundo melhor desempenho defensivo de um clube na história do Brasileiro por pontos corridos com 20 clubes, com apenas 31 gols sofrido -a melhor marca pertence ao São Paulo, que sofreu 19 gols em 2007.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias