Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Com dois expulsos, Chapecoense perde e se complica na Libertadores

Loading...

ESPORTES

Com dois expulsos, Chapecoense perde e se complica na Libertadores

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Chapecoense bem que tentou, mas não foi capaz de segurar o Nacional-URU pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Nesta quinta-feira (27), os uruguaios tomaram conta da partida e não deram chances ao time brasileiro, que perdeu por 3 a 0.

O Nacional conseguiu abriu o placar no início do jogo, contando com uma falha no sistema defensivo da Chapecoense. Aos 16min do primeiro tempo, Ramírez aproveitou uma sobra na área do adversário e, livre de marcação, finalizou para o fundo do gol.

Logo aos 4min da etapa final, os donos da casa marcaram novamente e jogaram um balde de água fria na equipe brasileira. Após jogada ensaiada, Artur saiu completamente errado do gol, e Aguirre apareceu sozinho para desviar de cabeça e ampliar o marcador.

A partida ficou ainda mais complicada depois que Luiz Otávio foi expulso do jogo. Aos 8min do segundo tempo, o zagueiro deixou o pé no peito do adversário e recebeu o cartão vermelho direto pela arbitragem

Com um a mais, o Nacional dominou ainda mais as ações da partida. Aos 35min, Viúdez recebeu pela esquerda, cortou para dentro e bateu no ângulo, dessa vez sem chances para o goleiro Artur, dando números finais ao placar. Minutos depois do lance, Rossi, da Chapecoense, ainda foi expulso após agredir um adversário.

Com o revés, a Chape se mantém com apenas quatro pontos, atrás de Lanús e Nacional, ambos com sete pontos - o time argentino é líder pelo critério de desempate. Restam apenas dois jogos para decidir os classificados às oitavas de final do torneio.

Na próxima rodada, a quinta válida pela fase de grupos da Copa Libertadores, a Chapecoense visita o Lanús, partida que pode decidir a continuação da equipe catarinense na competição continental. O jogo será realizado no dia 17 de maio, às 21h45 (de Brasília), na Argentina.

NACIONAL

Conde; Fucile (Lozano), Rafael García, Polenta e Espino; Santiago Romero, Sebastián Rodríguez, Álvaro González e Kevin Ramírez (Viúdez); Hugo Silveira e Rodrigo Aguirre. Técnico: Martín Lasarte.

CHAPECOENSE

Artur Moraes; João Pedro, Douglas Grolli; Nathan, Luiz Otávio e Reinaldo; Andrei Girotto e Luiz Antonio (Apodi); Rossi, Wellington Paulista (Túlio de Melo) e Arthur (Niltinho). Técnico: Vagner Mancini.

Estádio: Parque Central, no Uruguai

Juiz: Eber Aquino (PAR)

Cartões amarelos: Rafael García (Nacional); Rossi, Andrei Girotto, Douglas Grolli e Nathan (Chapecoense)

Cartão vermelho: Luiz Otávio e Rossi (Chapecoense)

Gols: Ramírez, aos 16min do 1º tempo, Aguirre, aos 4min, e Viúdez (todos do Nacional), aos 35min do 2º tempo

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias