Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Por dívida, Kleber pede penhora de receita televisiva do Grêmio

Loading...

ESPORTES

Por dívida, Kleber pede penhora de receita televisiva do Grêmio

DANILO LAVIERI E JEREMIAS WERNEK

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - A disputa judicial entre Kleber e Grêmio ganhou um novo elemento. Na segunda-feira (3), os advogados do atacante do Coritiba entraram com pedido de penhora das receitas do clube junto à TV Globo. A demanda ainda não foi analisada pelo Tribunal Regional do Trabalho, assim como a solicitação feita pelo clube gaúcho para reconsiderar a multa que elevou a dívida para R$ 8,8 milhões. A informação foi divulgada pelo globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte.

O pedido de penhora visa depósito em juízo do valor. Se for acolhida, a petição fará com que a emissora carioca seja notificada e realize o depósito de eventual crédito do Grêmio em uma conta que tenha ligação com a ação de Kleber pela dívida.

No mesmo dia em que foi entregue o pedido do jogador, o Grêmio peticionou ratificação de pedido de reconsideração da decisão. Ainda assim, nenhum dos dois pedidos foi apreciado ainda e não há prazo para resposta da Justiça.

Em março, a juíza Maria Silvana Rotta Tedesco, da 9ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, assinou despacho citando multa de 40% no saldo devedor e vencimento antecipado das 37 parcelas restantes no acordo feito com Kleber, em 2015.

Dias depois, o Grêmio entrou com petição solicitando a revisão do valor da multa. O clube alegou ter feito pagamento apenas um dia depois do prazo previsto no acordo. Os advogados de Kleber relataram no processo que o depósito ocorreu 16 dias após a data limite.

Kleber foi contratado pelo Grêmio no final de 2011 e deixou o clube em junho de 2015; nesta ocasião, ele assinou acordo para receber 60 parcelas de R$ 120 mil em rescisão unilateral.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias