Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

ATUALIZADA - Fluminense conquista a Taça Guanabara nos pênaltis

Loading...

ESPORTES

ATUALIZADA - Fluminense conquista a Taça Guanabara nos pênaltis

SÉRGIO RANGEL

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Nos pênaltis, o Fluminense conquistou o título da Taça Guanabara ao vencer o Flamengo, por 3 a 2, neste domingo (5), no Engenhão. É a décima vez que o tricolor carioca fica com o troféu do primeiro turno do Estadual do Rio.

Com a vitória, o time das Laranjeiras foi o primeiro a garantir vaga na semifinal do tumultuado campeonato.

O vencedor da Taça Rio, o segundo turno, e os outros dois melhores colocados em toda a competição decidirão também o título.

No tempo normal, os gols do Fluminense foram marcados por Wellington Silva, Henrique Dourado e Lucas. Já Willian Arão, Everton e Paolo Guerero fizeram os do Flamengo.

Nos pênaltis, os zagueiros Réver e Rafael Vaz desperdiçaram suas cobranças. Já os tricolores converteram os quatro chutes.

O Fluminense não contou com Gustavo Scarpa, destaque do time neste ano. Ele não se recuperou de contusão.

Apesar da desorganização da competição, 25.451 torcedores pagaram para assistir ao clássico no Engenhão.

"Essa é a prova que o trabalho está dando certo", disse o lateral Lucas, ainda no gramado.

Na quarta (8), o Flamengo estreia na Libertadores contra o San Lorenzo, no Maracanã.

O Fla-Flu teve segurança reforçada. A Polícia Militar usou até drone para acompanhar a movimentação dos torcedores.

O jogo quase foi realizado com portões fechados. O TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) havia autorizado na sexta (3) a realização da partida sem torcida. Dirigentes de Flamengo e do Fluminense se recusavam a jogar com a torcida única, como a Justiça do Rio determinara no mês passado.

No dia 12 de fevereiro, um botafoguense foi morto nos arredores do Engenhão durante uma briga com flamenguistas.

Somente no final de sexta, o desembargador Gilberto Clóvis, da 15ª Vara Cível, cassou a decisão que impedia o clássico com torcedores dos dois clubes.

O clássico começou num ritmo acelerado. O Fluminense foi o primeiro a abrir o placar. Aos 4min, o atacante Wellington Silva fez um belo gol. Ele pegou a bola na intermediária, correu por quase 70 metros e chuto com precisão na saída de Muralha.

O Flamengo empatou logo em seguida. Aos 8min, Willian Arão aproveitou a falha da defesa adversária no cruzamento do argentino Mancuello e fez o seu gol no clássico.

Quinze minutos depois, o time da Gávea virou com Éverton. Ele aproveitou nova falha da defesa tricolor em outra jogada aérea.

O Fluminense reagiu. Aos 32min, o atacante Henrique Dourado empatou de pênalti após a bola bater na mão de Paolo Guerrero. Aos 40min, o lateral Lucas aproveitou o passe de Wellington Silva e fez o terceiro gol da equipe das Laranjeiras.

No segundo tempo, o Fluminense foi mais cauteloso. Com o tricolor segurando o resultado, Zé Ricardo mexeu no time. Ele colocou Gabriel no lugar de Mancuello.

Depois, ele sacou Willian Arão e colocou o colombiano Berrío. Aos 28m, o flamenguista fez a última mudança. Ele tirou Trauco e lançou o atacante Felipe Vizeu.

As mudanças não deram muito resultado, mas o Flamengo conseguiu empatar. Aos 40min, numa bela cobrança de falta, Guerreiro fez o terceiro do time da Gávea.

O gol do peruano levou a decisão para a disputa de pênaltis. No final, a vitória ficou com o Fluminense, que converteu as quatro cobranças. O Flamengo desperdiçou duas.

Fluminense 3 (4) x (2) 3 Flamengo

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro

Público: 24.451 pagantes (27.549 presentes)

Juiz: Wagner Nascimento Magalhães

Cartões Amarelos: Richarlison (Fluminense); Éverton e Trauco (Flamengo)

Gols: Wellington Silva aos 4min, William Arão aos 8min, Éverton aos 23min, Henrique Dourado aos 32min e Lucas aos 40min do 1º tempo; Guerrero aos 39min do 2º tempo

Fluminense

Júlio César; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela; Pierre; Richarlison; Sornoza (Marquinho); Wellington Silva (Marquinhos Calazans); Henrique Dourado (Marcos Junior). Treinador: Abel Braga

Flamengo

Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco (Felipe Vizeu); Willian Arão (Berrío), Rômulo e Diego; Mancuello (Gabriel), Éverton e Guerrero. Treinador: Zé Ricardo

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias