Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Corinthians sofre na ponta e deve reativar 'função Jadson' em breve

Loading...

ESPORTES

Corinthians sofre na ponta e deve reativar 'função Jadson' em breve

DASSLER MARQUES E DIEGO SALGADO

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O treinador Fábio Carille ainda não afirmou de maneira definitiva qual será o posicionamento para Jadson na equipe do Corinthians. As circunstâncias, porém, têm levado o principal reforço da temporada justamente para o lugar em que viveu seu melhor momento com a camisa corintiana.

A função de ponta direita tem tido a maior rotatividade no setor de ataque, o que mostra que Carille não encontrou ainda o jogador ideal para aquele setor.

Titular na pré-temporada e nas duas primeiras partidas do ano, Giovanni Augusto oscilou bons e maus momentos até deixar a equipe por problemas físicos. Marquinhos Gabriel assumiu o lugar diante do Santo André, mas também não correspondeu às expectativas por enquanto -e foi outro a sair por desgaste.

Já na quarta passada, diante do Novorizontino, a escolha foi por um atacante de origem: Ángel Romero, como de costume, incomodou bastante a defesa adversária, mas não conseguiu ser efetivo. Até mesmo a alternativa mais ofensiva de todas, com Jô pela ponta direita e Kazim na área, testada de forma circunstancial, se mostrou pouco interessante até o momento.

Tudo parece mesmo conspirar para Jadson, em data ainda não conhecida, assumir justamente esse lugar no time. Na quinta-feira, dia seguinte à vitória contra o Novorizontino, o meia campeão brasileiro trabalhou com os reservas e foi observado pela comissão técnica exatamente na ponta direita.

A 'função Jadson' e as alternativas

Idealizada pela comissão técnica de Tite, da qual Fábio Carille fazia parte como auxiliar, a "função Jadson" era peculiar no sistema tático. Sem a bola, ele trabalhava normalmente pelo corredor direito. Mas, com a posse dela, tinha liberdade para circular por todos os setores de ataque e surpreender a marcação. Na seleção brasileira, Tite tem repetido a mesma receita com Phillipe Coutinho.

Durante 2016, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel também trabalharam bastante no setor e, de alguma forma, tentarem reproduzir o papel que Jadson havia executado na campanha do título brasileiro. Os dois jogadores, porém, não conseguiram repetir o mesmo sucesso do veterano que havia partido para o Tianjin Quanjian-CHN.

Além da ponta direita, Carille pensa em mais duas alternativas para Jadson. A primeira delas seria efetivar o 4-2-3-1 como novo sistema tático e deixar o jogador centralizado, próximo ao centroavante e com liberdade para movimentação. Assim, em 2014, ele atuou no Corinthians de Mano Menezes. A última hipótese, bem mais remota, é usar o reforço pela ponta esquerda.

Por ora, Carille deve repetir a dose com o paraguaio Romero, que aberto à direita teve alguns bons momentos na última temporada.

Sábado, em visita ao Audax, a equipe novamente jogará sem Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel, preservados por conta de suas condições físicas. Mas, entre os corintianos, a expectativa é mesmo por Jadson, principal reforço de 2017.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57