Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Com um a mais, Atlético-PR vacila no fim e empata com Capiatá por 3 a 3

Loading...

ESPORTES

Com um a mais, Atlético-PR vacila no fim e empata com Capiatá por 3 a 3

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Atlético-PR bem que tentou, mas não conseguiu começar com o pé direito a terceira fase da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira (15), na Arena da Baixada, a equipe brasileira saiu na frente, levou a virada e até chegou a virar novamente no final, mas sofreu na bola parada mais uma vez e só conseguiu empatar por 3 a 3 com o Deportivo Capiatá, do Paraguai. O jogo foi válido pela partida de ida da última decisão antes da fase de grupos da competição continental. Felipe Gedoz marcou duas vezes, e Noguera e González fizeram para os paraguaios.

Atlético-PR e Deportivo Capiatá voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (22), às 21h45 (de Brasília), no Paraguai. Agora, a equipe paraguaia precisa apenas segurar um empate com até dois gols no jogo de volta para avançar à fase de grupos. Para os brasileiros, apenas uma vitória, ou um empate com quatro gols ou mais, serve.

O JOGO

A partida estava truncada, sem muitas chances para nenhum dos dois times. Foi quando apareceu o talento e oportunismo de Felipe Gedoz, que foi titular nesta quarta-feira no lugar de Carlos Alberto, desfalque por dores musculares. Aos 20min da etapa inicial, em cobrança de falta, o meio-campista cobrou uma falta com muita força, mas, ao mesmo tempo, bem colocada, sem chance para Medina, que até tentou pular, mas não encontrou a bola.

Aos 44min do primeiro tempo, porém, o sistema defensivo do time brasileiro vacilou: Mendieta cruzou, Ledesma ajeitou de cabeça e Noguera, sozinho, empatou o jogo de "peixinho".

O Atlético-PR voltou melhor do intervalo e, por pouco, não conseguiu ficar à frente do placar logo no começo, quando Nikão teve boa chance, mas parou em Medina.

Apesar de melhor, os donos da casa demonstravam nervosismo, o que atrapalhou o clube paranaense. Aos 7min, mais um vacilo da zaga. Após cruzamento na área, Ledesma escorou e González completou para colocar os paraguaios em vantagem.

O Atlético-PR não teve nem tempo de sentir o gol do Capiatá. Cinco minutos depois, Felipe Gedoz, comandante do meio de campo da equipe, voltou a aparecer. Aos 12min, ele arriscou de fora da área, e Bonet desviou com o braço. Pênalti marcado. Na cobrança o próprio camisa 10 bateu para deixar tudo igual.

Paredes, que já havia recebido cartão amarelo, conseguiu ser expulso da partida. Aos 15min, ele apostou corrida com Grafite, desistiu da bola e foi no corpo do atacante brasileiro. O árbitro, então, deu o segundo amarelo e mandou o zagueiro para o chuveiro mais cedo.

O Atlético-PR, com um homem a mais, pressionou e, no final, conseguiu o que parecia ser o gol da vitória. Aos 39min, após bola alçada, Pablo teve tranquilidade para encher o pé e deixar o clube brasileiro na frente. O problema é que, três minutos depois, em cobrança de escanteio, a zaga do clube brasileiro voltou a falhar e González, mais uma vez, garantiu a alegria dos paraguaios.

ATLÉTICO-PR

Weverton; Jonathan, Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Otávio, Lucho González (João Pedro) e Felipe Gedoz (Matheus Rossetto); Nikão, Pablo e Grafite. T.: Paulo Autuori.

DEPORTIVO CAPIATÁ

Bernardo Medina; Carlos Bonet, Jorge Paredes, Ramón Ortigoza e Néstor González; Noguera (Carlos Ruiz), Eduardo Ledesma, Alexis González e David Mendieta (Monges); Irrazábal e Roberto Gamarra (Dionisio Pérez). T.: Diego Gavilán.

Gols: Felipe Gedoz, aos 20min, e Noguera, aos 44min do 1º tempo; Felipe Gedoz aos 13min, Pablo, aos 39min, e González, aos 7min e aos 43min do 2º tempo.

Cartões amarelos: Grafite, Felipe Gedoz e Sidcley (A); Néstor González e Paredes (D)

Cartão vermelho: Paredes (D)

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR) Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57