Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Santos culpa FPF por show de fogos e descumprimento de lei municipal

Loading...

ESPORTES

Santos culpa FPF por show de fogos e descumprimento de lei municipal

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A vitória do Santos sobre o Linense inaugurou o Campeonato Paulista 2017 com muitos gols, mas também com certa dose de polêmica. A festa de pirotecnia que precedeu a partida na Vila Belmiro descumpriu Lei Complementar da Prefeitura de Santos que proíbe a fabricação, comercialização e queima de fogos que emitam barulho. Em nota oficial, o clube responsabilizou a Federação Paulista de Futebol (FPF) pela programação.

"Toda a programação definida para o evento de abertura do Campeonato Paulista foi realizada sob a responsabilidade da Federação Paulista de Futebol, inclusive a contratação da empresa Flames Comércio Pirotécnicos e Eventos Ltda., encarregada da realização da queima de fogos", isentou-se o Santos em nota assinada pela diretoria.

O jogo abriu a primeira rodada do estadual na noite desta sexta-feira, quando o Peixe venceu o Linense por 6 a 2 e deu importante passo no Grupo D da competição, que divide com Audax, Mirassol e Ponte Preta – os três times entram em campo apenas no domingo.

A administração santista ainda afirma ter notificado a empresa de pirotecnia a respeito da recente Lei Municipal, fruto do projeto de lei complementar 130/2015 aprovado pela Câmara Municipal em sessão extraordinária no dia 16 de dezembro de 2016 e sancionado em janeiro deste ano pelo prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa.

A alteração ocorre sobre o artigo 200 do Código de Posturas do Município. O projeto foi criado para a proteção dos direitos dos animais, visando diminuir o número de fugas, quedas, machucados, mortes e enforcamentos em coleiras.

"O Santos FC lamenta a ocorrência da não observância ao novo dispositivo legal, ao mesmo tempo em que apoia e compartilha das iniciativas que visam salvaguardar a saúde animal no Município, inclusive realizando ações nesse sentido, como campanhas de doação, castração e vacinação anti-rábica", destacou a nota. Atual bicampeão paulista, o Peixe esteve presente nas últimas oito decisões do torneio.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

25/03/2017 - 09h04