Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Em festa de Neymar, Barcelona faz três no Athletic Bilbao

Loading...

ESPORTES

Em festa de Neymar, Barcelona faz três no Athletic Bilbao

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Antes do bolo e dos parabéns, assistência e chapéu. Um dia antes de completar 25 anos, Neymar foi o nome da vitória do Barcelona por 3 a 0 sobre o Athletic Bilbao neste sábado (4). Os gols foram de Paco Alcácer, Messi e Aleix Vidal, mas foi do camisa 11 a melhor atuação: assistência e vários dribles. Tudo para a felicidade da mãe Nadine, dos "parças" e do filho Davi Lucca, que estavam no Camp Nou.

A vitória esfria a pressão sobre o Barcelona, que tinha tropeçado duas vezes nas quatro rodadas anteriores. O time catalão chega a 45 pontos, tendo um ponto a menos e dois jogos a mais que o líder Real Madrid. O próximo compromisso é contra o Atlético de Madri, na terça-feira (7), valendo vaga na final da Copa do Rei. O Bilbao, com 32 pontos, pega o La Coruña tentando não se descolar da briga por vaga na Liga Europa.

Começou em campo a comemoração dos 25 anos de Neymar. O atacante buscou o jogo desde o início e deu assistência para Paco Alcácer abrir o placar. Deu muito trabalho pelo lado esquerdo, chapelou um defensor, deixou outro sentado e sofreu várias faltas. Além dos conhecidos que já estão por lá, a expectativa é que dez amigos cheguem à Catalunha nesta noite para comemorar o aniversário do craque no domingo.

QUEM FOI MAL: DE MARCOS

O lateral direito perdeu basicamente todos os duelos individuais contra Neymar. Teve que apelar às faltas principalmente após dribles desconcertantes. Amarelado no primeiro tempo, afrouxou a marcação no segundo e precisou da cobertura dos volantes do Bilbao. Era claramente o elo mais frágil da defesa basca, mas o Barcelona quase não explorou.

BARCELONA SEM FORÇA COLETIVA

Coletivamente a equipe mais uma vez não foi bem, dependendo do individualismo de Neymar e Messi. O brasileiro foi muito mais ativo do que o argentino, que apareceu pouco, mas ainda assim resolveu em cobrança de falta no momento em que o adversário mais ameaçava o Barcelona. Messi acabou substituído por Sergi Roberto a meia hora do final. Defensivamente a equipe sofreu em alguns momentos, levando bola na trave e permitindo chances reais ao Bilbao, mas conseguiu manter ineficazes os contra-ataques bascos.

PROTESTO

Torcedores do Barcelona organizaram um protesto contra o árbitro Alejandro Hernandez Hernandez, que apitou o confronto com o Bétis na rodada anterior. Na ocasião, um gol legítimo dos catalães não foi validado pois a arbitragem não viu a bola ultrapassar a linha. Neste sábado o juiz González González, velho desafeto da torcida do Barça, teve algumas decisões polêmicas e economizou nos cartões. Piqué e De Marcos poderiam ter sido expulsos ainda no primeiro tempo.

VIDAL

A partida já estava resolvida quando Aleix Vidal partiu em disparada no contra-ataque, deixou dois defensores para trás e bateu cruzado. Este foi o centésimo gol do Barcelona na temporada. Desde que chegou ao Barcelona, o lateral marcou apenas dois gols (o outro contra o Las Palmas, há três semanas).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias