Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

ATUALIZADA - Federação internacional mantém suspensão ao basquete brasileiro

Loading...

ESPORTES

ATUALIZADA - Federação internacional mantém suspensão ao basquete brasileiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Fiba (Federação Internacional de Basquete) decidiu nesta sexta-feira (3) manter a suspensão à CBB (Confederação Brasileira de Basquete) em virtude de problemas de governança, que perdura desde 14 de novembro. A punição se estenderá no mínimo até maio.

A confederação brasileira está descredenciada desde então e, por consequência, clubes do país estão impedidos de disputar competições da Fiba.

Em encontro na sede da entidade, na cidade suíça de Mies, dirigentes da federação -liderados pelo presidente Horacio Muratore e o secretário-geral, Patrick Baumann- se reuniram com uma delegação brasileira formada por integrantes da CBB, do COB (Comitê Olímpico do Brasil) e até do escritório da NBA no Brasil.

Uma nova avaliação da situação do basquete brasileiro será feita em maio, em congresso da Fiba -só então a suspensão pode ser derrubada. De acordo com nota divulgada pela federação, "as discussões foram francas e construtivas e todos os envolvidos expressaram o desejo de remediar esta situação o quanto antes".

No comunicado, a federação também disse que problemas de "governança, finanças e esportivos" persistem até o momento, mesmo com a suspensão há mais de dois meses.

A CBB, segundo sua assessoria de imprensa, não pode se pronunciar sobre o assunto. As eleições para a presidência da entidade ocorrerão em março, e ficou estabelecido que o próximo mandatário se comprometerá a colaborar com a Fiba e sanar a confederação financeiramente.

Na próxima semana, haverá uma reunião dos líderes da CBB com representes do Ministério do Esporte para avaliar a situação.

PUNIÇÃO

Ao anunciar a punição, em novembro, a Fiba afirmou que a CBB não seguia preceitos do estatuto internacional. Entre eles, a não participação em competições internacionais de juniores e o cancelamento de campeonatos da categoria em nível nacional.

A Fiba frisou também como motivos a não participação da CBB nos campeonatos 3 x 3 de sêniors, e o fato da confederação não ter organizado um evento do tour mundial da modalidade no Rio.

"Eles não têm controle total do basquete no país", disse a Fiba na ocasião, em nota que citou também a intervenção de terceiros na escolha e no custeio de atividades da seleção nacional.

Além disso, a CBB vem adiando pagamentos para a federação internacional, de acordo com a Fiba. "A situação financeira da CBB não permite a ela que banque suas operações", afirmou a entidade.

Outro motivo apontado foi o de que a confederação brasileira não apresentou um plano de reestruturação a ser aplicado até as próximas eleições para presidente.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57