Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

'Se tiver que dar porrada em campo, vou dar', diz Felipe Melo

Loading...

ESPORTES

'Se tiver que dar porrada em campo, vou dar', diz Felipe Melo

JOSÉ EDGAR DE MATOS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O ousado chegou. Enfim, Felipe Melo recebeu pela primeira vez a camisa do Palmeiras. Em uma chuvosa manhã de terça-feira, o volante foi apresentado como novo reforço do campeão brasileiro. E a contratação mais esperada do ano na Academia de Futebol, que vestirá o número 30, mostrou logo em sua primeira entrevista que não tem medo de polêmicas.

Em cerca de meia hora de entrevista, falou pesado contra a imprensa e reclamou da fama de "violento". O volante, porém, prometeu não "aliviar" para representar a nova camisa.

"Deixaram para o torcedor do Palmeiras lembrar dos momentos legais, que o Felipe Melo não é só porrada. Se tiver que dar porrada, vou dar porrada. Se tiver que jogar no Uruguai e dar tapa na cara de uruguaio, eu vou dar. Lógico que com responsabilidade, porque não quero deixar o time com menos um", declarou.

O jogador de 33 anos, antes de prometer "não tirar o pé", se apegou aos números para afastar a fama de "violento". Felipe Melo até citou reportagem do UOL para ratificar o bom comportamento dentro de campo.

"Muito se fala de expulsão, mas nos últimos quatro anos, cinco anos, foram quatro vermelhos. Para um centro-campista responsável por este trabalho sujo, acho um número pequeno", acrescentou o volante.

"Essa situação foi criada por vocês da imprensa de que o Felipe Melo é maldoso, expulso todo jogo. Se não me engano minha média de cartões amarelos é menor que a do Gabriel Jesus no Palmeiras, se não me engano tomo menos vermelhos do que o Fernandinho da seleção brasileira", acrescentou o novo camisa 30 do clube alviverde.

"Vi muitos programas que, em vez de passar lances legais, mostravam expulsões de 2010. Ninguém mostrou o passe do Felipe Melo para o Robinho, o título pelo Fenerbahce, os momentos bons...", reclamou.

IMPRENSA

Felipe Melo se mostrou na defensiva ao falar sobre o tratamento da imprensa. A expulsão na eliminação do Brasil na Copa do Mundo de 2010, na visão do jogador, ainda é utilizada para classifica-lo como um atleta de comportamento questionável dentro de campo.

O volante não escondeu o incômodo com certas críticas e se mostrou sincero ao falar sobre o comportamento da mídia.

"Existe mau caráter em todo lugar, mas muitos de vocês [imprensa] ganham dinheiro para falar mal dos outros, vocês perdem a linha, faltam com respeito com a família, com o ser humano. Existem críticas, e eu acho que faz parte a crítica", declarou.

"Eu, como torcedor, vendo jogo em casa, critico mesmo. Mas jamais vou falar 'esse cara é um songamonga, um desastre, um desgraçado'. Isso não é muito diferente do cara que solta bomba, isso e aquilo, porque isso é maldade. E o cara que tem maldade no coração não serve para a humanidade", atacou.

FLAMENGO

Obviamente, o assunto Flamengo não escaparia da apresentação do jogador. Time do coração do volante, posição reafirmada na manhã desta terça-feira (17) diante dos microfones na Academia de Futebol, o volante se mostrou incomodado com a postura de Antonio Tabet, vice-presidente de comunicação do clube rubro-negro.

O alvo da reclamação se deu após o o funcionário do Flamengo e humorista que ganhou notoriedade com o site "Kibe Loco" publicar uma indireta para Felipe Melo no Twitter. "Amo tanto o Flamengo, que trabalho para ele de graça". O volante, nesta terça, respondeu.

"Nessa janela não houve nenhum interesse, nenhuma procura, nenhuma oferta. E sinceramente, é difícil acreditar que o Flamengo tem um vice-presidente de marketing [na verdade, de comunicação], que possa soltar piada no Twitter para fazer o torcedor acreditar que o jogador é, como ele colocou, uma p...", reclamou.

"Ele como vice-presidente ele é um ótimo piadista. Até vejo os vídeos dele no Youtube [Porta dos Fundos] e dou risada; mas, como dirigente, não. Eu sou flamenguista, mas hoje sou palmeirense. É o Palmeiras que está colocando comida na minha casa", afirmou.

A irritação de Felipe Melo para com o clube do coração contrasta com as declarações apaixonadas pela nova casa. O volante de 33 anos rebateu a insinuação do dirigente e negou qualquer procura do Flamengo nesta atual janela de transferências.

"É bom você falar de Flamengo. Vou falar uma vez só, porque minha pátria-amada hoje é Palmeiras. Não falo mais de Flamengo. O Flamengo me procurou há alguns anos, num momento que era impossível eu vir para cá. Nunca pedi R$ 1 milhão para jogar no Flamengo", afirmou Felipe Melo, procurado apenas pelo São Paulo antes de fechar com o atual campeão brasileiro.

As declarações de Felipe Melo foram prontamente respondidas por Antonio Tabet. Logo após a entrevista, o dirigente do clube ironizou a gafe de Felipe Melo, que errou o seu cargo dentro do Flamengo. "Você faz vídeos de humor na internet?!?", brincou, marcando o vice-presidente de marketing do clube, Daniel Orlean.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias