Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Chegada de Hudson realiza sonho antigo do Cruzeiro de contar com o volante

Loading...

ESPORTES

Chegada de Hudson realiza sonho antigo do Cruzeiro de contar com o volante

ENRICO BRUNO

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Emprestado pelo São Paulo até o final do ano, o volante Hudson chegou ao Cruzeiro com o aval do técnico Mano Menezes. O desejo de contar com o jogador, contudo, não partiu só do comandante. O time mineiro já estava de olho no atleta há algum tempo. Segundo o próprio atleta, em outras duas oportunidades a diretoria mineira tentou tirá-lo do tricolor, mas não obteve sucesso na negociação.

"A oportunidade de vir para o Cruzeiro já tinha acontecido. Se não me engano, foram duas vezes e o São Paulo brecou a negociação. Mas eu sou mineiro, cresci vendo a grandeza do Cruzeiro. Quando houve a oportunidade e o interesse a pedido do Mano, eu fiquei muito feliz. Pertencia ao São Paulo, conversei lá, houve um consenso, bom para os dois lados. Vim com muita vontade, sei o quanto é importante para minha carreira estar aqui", falou o jogador.

Hudson foi envolvido na negociação que levou Neílton para o São Paulo, também por empréstimo. Ao fim deste ano, o Cruzeiro tem a opção de compra do jogador em definitivo e terá prioridade se assim desejar.

O volante se destaca principalmente por causa da eficiência nos desarmes. No Brasileirão de 2016, o jogador desarmou por 80 vezes, uma a menos que Henrique. Já na média por jogo, o aproveitamento de Hudson (89,9%) é superior aos melhores atletas do Cruzeiro neste quesito: Romero (89,5%), Arrascaeta e Henrique (ambos com 85,5%).

"Sou um primeiro volante, me destaquei no ano passado fazendo muitos desarmes, fui contratado pelo São Paulo porque fui um dos melhores desarmadores do Paulista. Mas também sei sair jogando, sei chegar lá na frente. Quando me dão liberdade, procuro ajudar na armação das jogadas e chegar como surpresa no ataque também", disse.

Considerado um cão de guarda, Hudson mostrou um futebol aguerrido e voluntarioso no São Paulo. O ano de 2016, contudo, terminou em baixa, já que o volante caiu de produção após a saída do técnico Edgardo Bauza. Hoje no Cruzeiro, ele terá como principais concorrentes o líder e atual capitão Henrique, além do argentino Lucas Romero. Correndo por fora, aparece Ariel Cabral.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias