Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

À espera de propostas, Cortez recorda dispensa do clube e diz que "ninguém sabe motivo"

Loading...

ESPORTES

À espera de propostas, Cortez recorda dispensa do clube e diz que "ninguém sabe motivo"

MARCELO DE VICO E VANDERLEI LIMA

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Os anos de 2011 e 2012 continuam sendo os anos mais marcantes na carreira de Cortez. Botafogo, São Paulo e até seleção brasileira fizeram parte da melhor fase do lateral, que a partir de 2013 começou a cair no esquecimento dos torcedores.

Ainda no time tricolor paulista, ele acabou dispensado – junto a outros seis jogadores – pela diretoria depois das eliminações do Paulista e da Libertadores daquele ano.

Mais de três anos depois, Cortez diz ainda não saber o porquê fez parte da lista, que ainda contava com nomes como os de Cañete e João Filipe. À reportagem, Cortez relembra o afastamento, segundo ele 'sem motivo', e revela certa mágoa com a antiga diretoria.

"A real situação do meu afastamento ninguém sabe até hoje, nem eu sei, mas eu não fiquei chateado, não. Eu sou funcionário do clube e tenho que estar pronto para qualquer coisa. Eu sou um trabalhador, então se o clube optou por me afastar sem motivo, sem justa causa, fazer o quê? Eu tenho que trabalhar, vida que segue", disse o lateral.

Por outro lado, diz ser muito grato ao São Paulo e não esconde a vontade de voltar a defender o clube, apesar de achar pouco provável.

"Eu não conversei com o Rogério [Ceni]. Eu sempre estou disposto a ser aproveitado, eu estou sempre disponível para o São Paulo, em qualquer situação, a hora que o São Paulo precisar de mim eu vou estar sempre aqui. Eu não devo ser aproveitado por eles, não, mas nada é impossível", afirmou.

Após dois anos atuando no Japão (Albirex Niigata), o lateral está de volta ao Brasil e espera seguir no país por conta do nascimento de seu segundo filho –sua mulher está com seis meses de gravidez. Enquanto isso, aguarda seus representantes definirem seu futuro no futebol.

"Voltei do Japão, estou no Brasil e aguardando resolver a minha situação. Meus representantes estão conversando com o São Paulo, com quem eu tenho contrato [30 de junho de 2017], para gente poder fazer tudo certinho, de uma forma amigável, uma forma boa para todo mundo. Eu penso em poder estar perto da minha família, da minha esposa", concluiu.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

20/01/2017 - 12h48

OBITUÁRIO

SÃO PEDRO DO IVAÍ 20/01

JOÃO TOMAZ, 74 anos

APUCARANA 20/01

FLORISVALDO GRANADO, 61 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1895 · 18/01/2017

02 03 05 10 15 34